Secretário de Iporá e assessor de vereador são esfaqueados em festa de inauguração de empresa

Suspeito foi preso e disse para delegado que não se lembrava de ter atingido as vítimas com a faca durante briga. Feridos devem ser ouvidos pela polícia na próxima segunda.


Anderson Leite Souza Júnior, secretário de Finanças da Prefeitura de Iporá, foi esfaqueado durante confusão em coquetel de inauguração de uma fábrica — Foto: Prefeitura de Iporá/Divulgação

Anderson Leite Souza Júnior, secretário de Finanças da Prefeitura de Iporá, foi esfaqueado durante confusão em coquetel de inauguração de uma fábrica — Foto: Prefeitura de Iporá/Divulgação

O secretário de Finanças da Prefeitura de Iporá, Anderson Leite Souza Júnior, e o assessor de um vereador da cidade, Wellington Martins, foram esfaqueados durante a madrugada de desta sexta-feira (15), em um evento no município, que fica na região oeste de Goiás. Um suspeito foi preso em flagrante e disse à polícia não se lembrar de ter dado as facadas.

G1 não conseguiu localizar a defesa do suspeito.

A confusão aconteceu durante uma festa de confraternização pela inauguração de uma empresa de alimentos na cidade, às margens da rodovia GO-174, trecho que liga Iporá à cidade de Amorinópolis. Os detalhes do que motivou a discussão entre o secretario e o suspeito ainda são investigados pela polícia.

O assessor do vereador teria tentado separar a briga e, assim como secretário, foi esfaqueado.

“O suspeito foi ouvido na presença do advogado e disse que se lembrava da briga, mas não de ter dado a facada nos homens. Lembra apenas que foi agredido pelo secretário com uma cadeira”, disse o delegado de Iporá, Ramon Queiroz.

Ainda segundo o responsável pela investigação, o suspeito e o secretário não se conheciam inicialmente. Os feridos foram levados para o Hospital Evangélico de Iporá e, segundo a polícia, não corriam risco de morte.

O delegado informou que aguarda a liberação deles para prestarem depoimento e entender o que motivou a briga. “Eles devem ser ouvidos na próxima segunda-feira”, afirmou Ramon.

De acordo com o delegado, o suspeito foi preso por tentativa do duplo homicídio. Ele é de Rio de Verde, mas foi pego em flagrante ainda em Iporá. Um canivete que estaria com o suspeito foi apreendido.

G1 entrou em contato por telefone com Hospital Evangélico de Iporá, mas o estado de saúde das vítimas não foi divulgado.

Por Rodrigo Gonçalves, G1 GO

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*