Bombeiro aposentado morre, após sofrer acidente durante rapel em Alto Paraíso de Goiás


Reginaldo Lafayete Da Silva Abreu, de 51 anos, militar da reserva do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, morreu na tarde deste domingo (30/06), após cair de uma cachoeira enquanto fazia rapel em uma região conhecida como Raizama, em Alto Paraíso de Goiás.

Um bombeiro militar inativo, identificado como Reginal Lafayete da Silva Abreu, foi encontrado morto na tarde do último domingo (30/6), em um rio do município de Alto Paraíso, a 430 quilômetros de Goiânia. Conforme a equipe de resgate, o bombeiro aposentado teria se afogado durante a prática de canyoning, ou canionismo, esporte que consiste na exploração progressiva de um rio, transpondo os obstáculos verticais e anfíbios, através de diversas técnicas e equipamentos. O corpo da vítima, foi encontrado por uma equipe do Corpo de Bombeiros Militares do Posto Chapada dos Veadeiros, no âmbito da Operações Férias Turista Seguro, deflagrada recentemente pela corporação. Segundo os bombeiros, a vítima, estava praticando o esporte radical quando o afogamento ocorreu.

A equipe dos bombeiros utilizou equipamentos como maca sked, cabos e fitas tubulares para estabilização e fazer a descida pelos obstáculos naturais, pedras e corredeiras do rio. O corpo foi encontrado a cerca de 2,5 quilômetros e levado até o local de melhor acesso para equipe do IML, Polícia Técnico Científica e Polícia Militar.

Bombeiros realizaram a remoção do corpo do militar que estava imerso no rio, em uma região de difícil acesso. Em seguida, o corpo foi removido ao IML de Formosa.  


Informações: Cap. Rodrigues – Cmte 2ª Companhia | Dia Online

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*