Administrador da Casa Dom Inácio, onde João de Deus fazia atendimentos, morre em Anápolis

Foto: Reprodução/Facebook

O administrador da Casa Dom Inácio de Loyola, Chico Lobo, morreu nesta quinta-feira, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Ele ajudava João de Deus no cuidados com o centro onde aconteciam os atendimentos espirituais e onde mulheres dizem terem sido abusadas sexualmente. Chico estava internado em um hospital.

O velório acontece na Câmara de Vereadores de Abadiânia. Chico Lobo era ex-vice-prefeito da cidade. Em nota publicada em redes sociais, a Casa disse que ele era um “homem íntegro, prestativo, generoso e que no decorrer de sua vida pública trabalhou pelo desenvolvimento” da cidade.

Familiares não quiseram dar entrevista, mas disseram que ele estava internado há um mês devido a uma pneumonia.

Chico Lobo sempre defendeu João de Deus das acusações de abuso sexuais. João está preso desde dezembro de 2018 e é réu em nove processos. Durante o primeiro interrogatório à Justiça, ele negou qualquer crime.

Por Vitor Santana, G1 GO

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*