Jornal catalão diz que Real Madrid ofereceu Vinicius Junior ao PSG para ter Neymar, mas merengues negam

Vinicius Junior está prestes a disputar segunda temporada pelo Real Madrid — Foto: Getty Images

A novela de saída de Neymar do PSG pode envolver mais um astro brasileiro, segundo a imprensa catalã. Enquanto o Barcelona usa Philippe Coutinho como moeda de troca na negociação para contar com o camisa 10 da Seleção, o Real Madrid agora teria oferecido Vinicius Junior ao clube francês para avançar nas tratativas. A informação do jornal “Sport”, da Catalunha, foi prontamente negada por representantes do clube merengue, e o estafe do atleta não comentou o assunto oficialmente.

  • Reunião entre Barça e PSG por Neymar termina sem acordo; clubes seguirão conversando
Vinicius Junior está prestes a disputar segunda temporada pelo Real Madrid — Foto: Getty Images

Vinicius Junior está prestes a disputar segunda temporada pelo Real Madrid — Foto: Getty Images

O artigo publicado nesta quarta-feira indica que o presidente do Real, Florentino Pérez, não deseja perder novamente a queda de braço por Neymar – como em 2013, quando o astro decidiu ir para o Barcelona. E, por isso, o mandatário conhecido por suas grandes contratações “não teve dúvidas de sacrificar” o ex-jogador do Flamengo.

A publicação catalã afirma que o Real Madrid está tentando, há semanas, incluir atletas como moeda de troca na negociação por Neymar, mas o PSG teria negado astros como Bale, Modric e Isco – que não teriam sido aprovados pelo técnico Thomas Tuchel e pelo diretor esportivo Leonardo, assim como o presidente Nasser Al-Khelaifi. Por isso, a tentativa de oferecer Vinicius Junior, grande sensação da última temporada merengue.

Segundo o “Sport”, o movimento ousado seria o trunfo do Real para acelerar as conversas e tentar tomar à frente na disputa com o Barcelona, que tem a seu favor a preferência do próprio Neymar. O preço de Vinicius Junior rondaria os € 70 milhões, e o teria que Real desembolsar o restante da quantia até chegar ao valor desejado pelos cataris, que seria em torno de € 200 milhões (R$ 886 milhões).

As negociações com o Barcelona

Depois de as negociações entre PSG e Barcelona caminharem lentamente ao longo da janela de transferências, o Real Madrid surgiu como grande candidato nos últimos dias por conta do desejo dos franceses – que não estariam tentados a fazer a vontade de Neymar, que é retornar ao Camp Nou. Mas na última segunda-feira o Barça fez um movimento brusco para retomar a frente na disputa.

Uma comitiva blaugrana com o diretor esportivo Javier Bordas, o secretário-técnico Eric Abidal e o empresário brasileiro André Cury – que costuma representar o clube em negociações – viajou a Paris para tratar do assunto pessoalmente. A reunião com o PSG terminou sem acordo, mas as partes seguirão conversando nos próximos dias.

O “Sport” também aponta que o desejo do PSG, inicialmente, é contar com três jogadores e mais uma boa quantia em dinheiro para liberar Neymar. Os franceses gostariam de ter Coutinho e Semedo, além de um terceiro jogador que viria por empréstimo, mais € 100 milhões (R$ 443 milhões). O Barça teria visto o pedido como “um pedido para desistir da negociação” e recusado a proposta de cara, mas segue negociando.

O jornal afirma que a movimentação da diretoria do Barcelona foi vista com bons olhos pelo entorno de Neymar, que agora estaria pensando em aumentar a pressão sobre a diretoria do PSG para vendê-lo.

Por GloboEsporte.com — Barcelona, Espanha

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*