Detran paralisa serviços por 48h em todo Distrito Federal

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) suspendeu os serviços ao público às 7h desta quarta-feira (5) para pedir o cumprimento de acordos salariais firmados durante o governo de Agnelo Queiroz. Segundo o Sindicato do Detran (Sindetran), a paralisação é de 48 horas e vai até sexta (7).

“Temos que receber a terceira parcela do reajuste firmado há dois anos; a alteração de nomenclatura e atualização das atribuições de cargos; a centralização dos serviços administrativos em uma autarquia no centro de Brasília, além de regulamentação da jornada de trabalho”, afirmou ao G1 o presidente do Sindetran, Fábio Medeiros.

As 13 unidades do Detran suspenderam os serviços, mas as seis agências do Na Hora estão “com atendimento reforçado”, informou o Detran. Nos postos, podem ser solicitados documentos relativos a carteira de habilitação e impressão de boletos.

O orgão disse ainda que o site do Detran está funcionando normalmente. Por meio dele é possível pedir a segunda via ou a renovação da CNH, consultar multas, agendar vistoria e exame toxicológico, entre outros serviços.

Em relação às negociações com os servidores, o GDF informou ao G1 que se reuniu com representantes sindicais duas vezes desde janeiro – sendo o último encontro neste terça-feira (4) no Palácio do Buriti.

“As negociações estão avançadas e partem de um esforço do governo em tentar atender pontos importantes para a qualidade de trabalho dos profissionais, mas que não representem impactos aos cofres públicos, como, por exemplo, a adequação de nomenclatura dos cargos”, disse em nota.

O governo também informou que pode recorrer à Lei de Geral de Greve para cortar o ponto dos servidores que participarem de greves e paralisações caso haja prejuízo aos serviços prestados à população.

FONTE: G1DF

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*