Professor é morto dentro de casa e tem objetos roubados, em Goiânia

O professor Maurício Rodrigues Melo, de 48 anos, foi encontrado morto, no sábado (8), com marcas de facadas, dentro da casa em que morava, no Residencial Sonho Dourado, em Goiânia. A Polícia Civil crê que ele foi vítima de um latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte, pois o carro dele e alguns objetos não estavam no imóvel.

Natural de Ceres, na região central de Goiás, a vítima morava sozinha na capital. Conforme a equipe da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), vizinhos estranharam as lâmpadas acesas, as portas abertas e chamaram familiares. Eles entraram no imóvel e encontraram o corpo.

Prima de Melo, a dona de casa Ângela de Melo, de 38 anos, foi quem entrou na casa junto com o marido. Ela se assustou com a cena. “Barbárie total, havia sangue por toda a parte, só uma pessoa desalmada para fazer isso. Levassem os pertences, que a gente trabalha e compra outros. Por que matar uma pessoa que não era capaz de fazer mal a ninguém?”, lamentou ao G1.

A polícia acredita que o latrocínio aconteceu na noite de sexta-feira (7). Além de matar o homem, o autor do crime ainda ateou fogo ao quarto em que o corpo estava. As chamas atingiram o colchão e roupas do professor, mas logo se apagaram. Os criminosos levaram documentos da vítima, duas televisões, um aparelho de home theater e o carro.

O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde permanecia até as 10h deste domingo (9). Segundo a família, após a liberação, ele será encaminhado para Ceres, onde será velado e sepultado.

FONTE: G1GO
print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*