Polícia investiga morte de bebê encontrado no Lago Paranoá, no DF

A Polícia Civil do Distrito Federal investiga as causas da morte de um bebê de aproximadamente oito meses encontrado boiando no Lago Paranoá na tarde deste domingo (9). Segundo bombeiros, o corpo foi visto por um homem que andava de moto aquática próximo à Península dos Ministros, no Lago Sul, por volta das 17h30.

O bebê – um menino – estava com calça de moletom, regata e uma chupeta presa à camisa. O corpo foi encaminhado ao IML para exames. As investigações estão sob a responsabilidade da 1ª DP, na Asa Sul.

Por volta das 6h desta segunda (10), os bombeiros começaram a fazer uma “varredura” nas proximidades de onde o bebê foi encontrado para verificar se não há outro corpo no lago.

Da acordo com o tenente Luiz Xavier, responsável pelo Grupamento de Busca e Salvamento, os bombeiros consideram a hipótese de que a morte foi acidental. “Pode ter acontecido de alguém cair na água com o bebê, ou estar brincando com ele e ter se afogado junto”, disse. “Mas um corpo adulto leva de 48 a 72 horas para boiar.”

O tenente informou ao G1 que nenhum pedido de socorro foi registrado na tarde de domingo, quando o susposto acidente ocorreu.

FONTE: G1GO

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*