Policial denuncia falta de armamento adequado para manifestações

Os goianos estão cansados de saber  que o governo não garante as condições adequadas às polícias Civil e Militar, mas o sucateamento não justifica o grau de violência empregado contra o estudante.

As viaturas, por exemplo, não possuem rádio há quase dois anos em Goiás. Mesmo assim, os bons PM’s utilizam os próprios celulares para ajudar, no que podem, o combate a criminalidade.

O jornal O Popular divulgou informação de que um tenente-coronel precisou usar o cassetete por falta de armamento químico. 

 

 

FONTE: GOIAS REAL

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*