Pessoas que saíram da pobreza e hoje são bem sucedidas

Pessoas que saíram da pobreza, enfrentaram desafios e preconceitos até alcançarem as metas audaciosas no mundo do trabalho revelam o que as levou ao sucesso. Em geral, essa receita é composta por paixão, persistência, busca por conhecimento e uma boa dose de sacrifício

 

Gabriela Studart

 

Talyta Flores

 

Gabriela Studart

 

Gabriela Studart

 

Gabriela Studart

 

De morador de rua analfabeto a escritor, de empregada doméstica à servidora pública e advogada, de frentista a doutorando em patologia molecular, do subúrbio à posição de assessor de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), de faxineira à juíza… Histórias de superação como essas ajudam a desmistificar os limites do ser humano e provam que não há barreiras que a força de vontade e a determinação não possam ultrapassar. Para Daniela do Lago, coach de carreira e professora da Fundação Getulio Vargas (FGV), o que separa quem se propõe a enfrentar qualquer desafio para alcançar um objetivo de quem desiste ou se acomoda está nas habilidades comportamentais. “Essa é a diferença das pessoas de sucesso. O conhecimento técnico ajuda, mas não é o que faz acontecer”, comenta.
Emerson Weslei Dias, coach e consultor de carreira concorda. “A paixão e a perseverança valem muito mais que o talento, como a Angela Duckworth (professora de psicologia na Universidade da Pensilvânia) ensina no livro Garra. Se você ama aquilo de fato, vá em frente (e será capaz de resistir a tudo em prol do seu objetivo). Caso contrário, esqueça, pois não terá a força necessária”, diz. Com MBA em gestão estratégica, ele estimula as pessoas a não terem uma visão negativa das adversidades. “É na dificuldade que o ser humano se desdobra. Isolado numa ilha deserta, Robinson Crusoe (personagem do romance do inglês Daniel Defoe) se aperfeiçoou em pesca, pecuária e construção. A necessidade o obrigou a isso”, considera.
Especialista em comportamento no trabalho e autora do livro UP! 50 dicas para decolar na sua carreira, Daniela do Lago cita, além da determinação, a visão de futuro como ingrediente essencial para vencer obstáculos. “Tem gente que está numa situação ruim e consegue enxergar que pode ter uma oportunidade melhor, mas não faz nada para chegar lá. Há também quem tenha muita disciplina e se esforce muito, mas, sem visão de futuro, só reage ao agora e não sabe aonde vai”, observa. “Para dar certo, é preciso haver uma combinação dos dois elementos. A pessoa precisa ter uma definição clara do que quer e arranjar, dentro de si, força para ir atrás”, diz.
Emerson Weslei Dias, autor da série de livros O inédito viável, defende que a motivação é um ingrediente essencial, mas só isso não basta. Certa dose de planejamento ajuda muito”, percebe. “Um plano de ação não é uma condição sine qua non: tem gente que fez tudo sem se organizar e deu certo. Só que uma programação é positiva para entender e se preparar para o que está por vir”, ensina ele, que é diretor de Liderança e Gestão de Pessoas da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). “É necessário programar seus recursos (tempo e dinheiro) para cada fase. Por exemplo, se você quer ser juiz, analise o que precisa fazer antes: se preparar para o vestibular de direito, fazer o curso, adquirir experiência, estudar para o concurso… Fica mais fácil ir vencendo por etapas”, completa.

Críticas
Ao longo do caminho para alcançar uma meta que demanda muito esforço, é comum ouvir comentários desestimulantes. “Quando alguém se propõe a fazer algo diferente, inesperado para aquele meio, é mais natural ouvir que não vai conseguir. As pessoas que superam tudo, em algum momento, tendem a ficar isoladas: são rotuladas de diferentes, de doidas porque só estudam, por exemplo”, comenta o consultor Emerson Weslei Dias. O segredo está em não se deixar abalar. “Nem todo mundo vai comprar a sua visão e nem sempre essas falas vêm com má-intenção”, pondera a especialista em comportamento no trabalho Daniela do Lago.
“Há quem faça uma observação negativa pensando em evitar frustração ou sofrimento para você”, comenta. Lidar com os pontos de vista dos outros nem sempre é fácil, ainda mais se as discordâncias vêm de contatos próximos. “Existem comentários maldosos (use-os como trampolim para lhe dar mais força e não de tapete para escorregar). No entanto, não é preciso se fechar para o mundo, pois alguns feedbacks podem ser úteis”, orienta. “A questão é que existe um limite para perseguir uma meta, mas quem precisa estabelecê-lo é você.” Emerson Weslei Dias argumenta que desistir não pode ser uma opção caso aquilo seja uma paixão. “Se é um desejo ardente, você não pode abrir mão. Não é fácil e é preciso pagar um preço. Quem para no meio do caminho não queria tanto assim.”

Origem não é tudo

Pode gerar surpresa o fato de encontrar profissionais oriundos de famílias pobres e situações complicadas nas posições mais cobiçadas no mundo do trabalho, enquanto muitos indivíduos que nasceram em classes sociais abastadas não conseguem êxito na carreira. No entanto, Daniela do Lago cita uma pesquisa do instituto norte-americano Franklin Covey, a qual demonstra que a procedência não é fator determinante para a vitória. “75% dos líderes que mais contribuíram para o bem da humanidade vieram de lares desestruturados. Muitas vezes, o erro dos pais mais abastados é a superproteção, ao não deixar o filho lidar com as consequências dos próprios atos”, analisa. O coach Emerson Weslei Dias observa ainda que os contextos — não só o familiar — em que as pessoas estão inseridas tendem a ser limitadores. “A vida em sociedade, em família e o nosso medo de errar nos condiciona para o não e são poucos os que contestam isso”, diz.

 

Dicas para alcançar suas metas

 

» Aceite que a vida não é fácil
» Descubra o que você quer para a sua vida e o porquê disso
» O brilho no olhar e o entusiasmo devem ser constantes
» Concentre-se no seu objetivo sem se desviar
» Planeje os passos necessários para chegar lá e se prepare fase por fase
» Não sofra por causa de comentários maldosos sobre o seu sonho
» Foque no que você pode fazer para solucionar os problemas
» Estude e busque conhecimento
» Tenha humildade em tudo o que for fazer

Fontes: Daniela do Lago, Emerson Weslei Dias e Tathiane Deândhela

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*