Goiás ganha central de videomonitoramento das rodovias e sede do batalhão do COD

Marconi Perillo afirmou que atual momento econômico e político brasileiro demanda união de todos para tirar País da crise

O governador Marconi Perillo inaugurou ontem (5), o Centro de Controle, Operação e Fiscalização das rodovias (CCOF), uma central de videomonitoramento que acompanha 24 horas por dia o tráfego na GO-020, trecho BR-153-Autódromo; GO-040, Goiânia-Setor Madre Germana; GO-060, Goiânia-Trindade e GO-403, Goiânia-Senador Canedo. São 35 câmeras registrando em tempo real infrações, roubos, e causas de acidentes. Em breve, novas rodovias serão contempladas com o videomonitoramento.

Acompanhado pelo presidente da Agetop, Jayme Rincón, o governador assistiu ao monitoramento feito pela equipe técnica e policial. “É um avanço extraordinário. Graças à modernidade e ao avanço tecnológico que a Agetop tem hoje, detectamos infratores, ladrões, e também as causas dos acidentes. Motoristas que atropelam, matam e fogem também são presos porque as placas são vistas em tempo real. Certamente vai resultar na redução da mortalidade no trânsito dessas importantes rodovias”, avaliou.

Em seguida, ele inaugurou a sede do Comando de Operações de Divisas, acompanhado também pelo vice-governador José Eliton, e pelo secretário de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, entre outras autoridades. Marconi destacou que o COD foi criado em 2012 como uma medida dura para proteger as fronteiras do Estado e impedir, principalmente, o tráfico de drogas e armas. De lá para cá, já foram apreendidos 45 mil quilos de drogas, e recuperado mais de R$ 1 milhão em cargas roubadas.

“É louvável o trabalho da nossa polícia”, declarou. Balestreri e o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Divino Alves, avaliaram a sede do COD como um espaço digno e moderno, e fundamental para a visão estratégica com a qual a polícia goiana trabalha hoje. O COD está instalado em 17 municípios goianos. Marconi ressaltou que, até o final do próximo ano, mais 4,5 mil policiais militares entrarão para a corporação. Ele foi homenageado pelo batalhão do COD em função do apoio que tem dado à corporação.

Economia nacional

Governador firmou que o atual momento econômico e político do País demanda a união de todos os brasileiros para tirar o Brasil da crise. “É preciso que tenhamos muita sensatez e ajudemos o Brasil a sair da crise. Esse tem de ser o slogan de todos nós: tirar o Brasil da crise”, declarou.

Lembrou ainda que, neste primeiro semestre, o Brasil vinha se recuperando na economia de forma considerável, e que é preciso persistir na recondução econômica do País. “O Brasil estava vindo bem. A inflação caiu de 10 para 4%. O PIB começou a crescer. Os juros caíram de quase 15% para 10,25%. Nós todos temos que fazer uma corrente em favor do Brasil, em favor das melhorias na economia que vão resultar em empregos e bem-estar social”, conclamou. (Goiás Agora) 

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*