Açougueiro é preso suspeito estuprar crianças em Planaltina

Um açougueiro de 41 anos foi preso sob a suspeita de estuprar dois meninos de 11 anos em Planaltina de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Pedro Umbelino do Nascimento abordava as crianças de forma aleatória e oferecia dinheiro, doces e presentes para conquistar a confiança. A Polícia Civil obteve conversas de celular com uma das vítimas em que mostram a abordagem.

No diálogo, o homem pede para a vítima enviar fotos nuas. Segundo a reportagem, as investigações começaram depois que vizinhos denunciaram a presença constante de crianças na casa do homem. Uma das vítimas apareceu na delegacia na companhia mãe.

Segundo o delegado Yasser Yassine, responsável pelo caso, o menino disse que foi estuprado pelo açougueiro e que os abusos ocorreram mais de 20 vezes. Ainda durante as investigações, uma outra vítima procurou a delegacia e entregou conversas ocorridas no WhatsApp.

Na conversa, o homem diz que está vendo filmes pornográficos e pergunta se o menino está se masturbando. Em determinado momento, ele perde para ver partes íntimas da vítima: “tira uma foto aí, depois eu mando um presente”. A prisão do homem ocorreu na quinta-feira (10), quando ele marcava de se encontrar com uma vítima.

Pedro Umbelino é casado e morava com a esposa. A mulher não tinha conhecimento dos crimes e, portanto, não será investigada. Segundo as vítimas disseram ao delegado, elas eram levadas escondidas para a casa do homem ou para um matagal próximo à residência. Após a prisão, outras vítimas procuraram a delegacia. O açougueiro foi indiciado por estupro e pedofilia.

Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil

FONTE: JORNAL DE BRASILIA

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*