Homem é preso suspeito de matar mulher e esconder corpo dentro de mala, em Rio Verde

O corpo de uma mulher ainda não identificada foi encontrado dentro de uma mala, enrolado em um saco plástico, em Rio Verde, na região sudoeste de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, Daniel Ramos da Silva, de 37 anos, foi preso suspeito do crime, mas ainda não se sabe a motivação, nem a ligação dele com a vítima. A família dele afirma que ele é usuário de drogas.

Segundo a delegada Taísa Antonello, após matar a mulher, o homem queimou as roupas usadas no crime. “A princípio suspeita-se que ele pegou as roupas que ele usou, queimou, escondeu as cinzas, e ia se livrar tanto do corpo, que já estava dentro de uma mala, enrolado em um saco plástico, quanto das cinzas das roupas que ele usou no cometimento do crime”, contou a investigadora.

O crime aconteceu na madrugada de terça-feira (5), em uma casa, na região leste de Rio Verde. O Instituto Médico Legal (IML) da cidade ainda não divulgou as causas da morte. Conforme o delegada, antes da polícia chegar ao local do crime, o suspeito tinha pedido o carro emprestado para o pai, a suspeita é que Daniel levaria a mala com o corpo para outro lugar.

O sargento Evair Gomes, da Polícia Militar, afirma que o homem tentou fugir ao ver o carro da polícia. “Nós chegamos no local, o suposto suspeito viu a viatura e já empreendeu fuga. Depois de falarmos com os pais, eles nos informaram que desde as quatro, quatro e meia da manhã, seu filho estava perturbado, foi até a residência dele e comentou que realmente ele tinha matado alguém e este corpo estaria dentro de uma mala”, contou.

A imprensa tentou contato com o IML de Rio Verde, mas as ligações não foram atendidas até as 7h30.

FONTE: G1GO

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*