Pastor e dois internos de clínica de reabilitação ficam presos dentro de cisterna, em Luziânia

Corpo de Bombeiros fizeram o resgate de três homens em poço em Luziânia, Goiás (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Paciente passou mal e caiu em cima de colega, que estava cavando buraco de 20 metros de profundidade. Responsável pelo local tentou ajudá-los, mas não conseguiu e também precisou ser resgatado.

O acidente aconteceu na terça-feira (26). Segundo a corporação, o interno Deusimar Rodrigues Chaves estava cavando o buraco para a cisterna quando outro paciente do local, João Mariano de Sousa, que o ajudava, sentiu tonturas e caiu dentro do poço, em cima do colega.

O pastor Fábio Barros Lima, responsável pelo local, entrou para tentar ajudá-los, mas também não conseguiu sair. Um dos funcionários da casa passou pelo local e, ao ver que os três estavam presos lá em baixo, acionou o Corpo de Bombeiros.

Para o resgate, os bombeiros montaram um tripé para salvamento com cordas, chegaram até o fundo do poço e imobilizaram as vítimas. O sargento dos bombeiros Juliano Borges explicou que os três tiveram ferimentos, mas sem gravidade.

“Os dois [primeiros] que caíram na cisterna tiveram escoriações nos braços, e se queixavam de dores na cabeça e no pescoço. Já o pastor estava passando mal por causa da falta de ar dentro do local”, disse o sargento ao G1.

O trio foi levado à UPA de Luziânia. Segundo a direção da unidade, o pastor recebeu alta no mesmo dia, mas os internos foram transferidos para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).

No entanto, o Hugo informou ao G1 que somente o paciente Deusimar deu entrada no hospital. Ele está internado na enfermaria, consciente e respirando espontaneamente.

Para o resgate dos homens, o Corpo de Bombeiros montou um tripé para salvamento com cordas, utilizaram técnicas de rapel para chegar até o fundo do poço. De acordo com a corporação, as vítimas foram imobilizadas e em seguida, levadas até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Luziânia.

“No momento em que o João sofreu a tontura ele caiu de imediato em cima do Deusimar que estava no fundo do poço. Pouco tempo depois o pastor desceu para ajudar e não conseguiu voltar”, explica o sargento Borges.

Os três foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento de Luziânia na terça-feira (26). A direção da unidade informou que o pastor recebeu alta no mesmo dia. Os outros dois foram transferidos durante a tarde, para o Hospital de Urgencias de Goiânia (HUGO).

De acordo com o Hospital de Urgências de Goiânia, somente o Deusimar deu entrada no hospital e no momento está internado na enfermaria, consiciente, e respirando de forma espontânea.

* Thalles Pereira é integrante do programa de estágio entre a TV Anhanguera e Unialfa (Centro Universitário Alves Faria), sob orientação de Elisângela Nascimento.

Cisterna da casa de recuperação tem cerca de 20 metros de profundidade, em Luziânia (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)Cisterna da casa de recuperação tem cerca de 20 metros de profundidade, em Luziânia (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Cisterna da casa de recuperação tem cerca de 20 metros de profundidade, em Luziânia (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Do correio Brasiliense

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*