Goiás na Frente: Marconi abre etapa de vistoria de obras e inaugurações no interior

Após visitar 246 municípios para apresentar projetos e assinar convênios do Goiás na Frente com as prefeituras, o governador Marconi Perillo (PSDB) começa agora segunda fase do programa, marcada por inaugurações das obras realizadas pela administração estadual e vistoria e entrega daquelas feitas com recursos do Tesouro Estadual pelos próprios prefeitos. Entre destaques estão obras rodoviárias do programa, que estão recebendo R$ 652 milhões em investimentos.

Somente em obras de duplicação, são 15 em andamento no Estado: GO–070 (quatro intervenções), GO-010, GO-080 (seis intervenções), GO-139, GO-206, GO-213, e GO-207. As obras na GO-070 terão quase R$ 100 milhões em investimentos, e as da GO-080, aproximadamente R$ 70 milhões. A partir deste mês, Marconi começa a visitar municípios para entregar as obras que começaram a ser realizadas em abril.

A duplicação da GO-070 está na etapa final. São 150 quilômetros de extensão, de Goiânia até a cidade de Goiás. A Agetop trabalha na finalização do trevo de Mossâmedes até Goiás, e na conclusão do encabeçamento da ponte sobre o Rio Uru, na GO-070. Nesta semana, o governador Marconi Perillo vistoriou as obras.

Outra rodovia que está sendo duplicada é a GO-080, de Nerópolis até a BR-153, com 90 quilômetros de extensão. A Agetop constrói, ainda, a ponte entre o trecho de Nerópolis e a BR-153, que está em fase de concretagem. As três pontes e o viaduto sobre a ferrovia Norte-Sul também estão em obras e integram a duplicação da GO-080, que passa também pelas cidades de Petrolina e São Francisco de Goiás. A duplicação irá até o entroncamento da BR-153, entre São Francisco de Goiás e Jaraguá.

No Entorno do Distrito Federal, a Agetop trabalha na reconstrução da GO-436, e na construção da rodovia que liga Abadiânia ao Lago do Corumbá. As máquinas operam na terraplenagem no trecho de 23 quilômetros. Ainda no Entorno, a GO-520, que liga Luziânia a Lago Azul, está em fase final da construção. A Agetop realiza os serviços de sinalização, com padrões modernos de tachos refletivos.

Na Região Sudoeste, máquinas trabalham na reconstrução da GO-174, que liga Rio Verde a Montividiu. São 40 quilômetros de pavimento reconstruídos. Na Região Norte, a Agetop faz a pavimentação da GO-239, de São Jorge a Colinas do Sul.

Na Região Metropolitana, realiza a reconstrução da GO-210, entre Goianira e Catalão, com 16 quilômetros. Em Goiânia, a Agetop trabalha na construção de duas passarelas no Setor Garavelo, perímetro urbano da GO-040.

RODOVIAS
As 39 obras rodoviárias e de aeródromos realizadas pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), com recursos do programa Goiás na Frente, estão em ritmo acelerado por todo o Estado. O investimento nessas obras, priorizadas pelo governador Marconi Perillo, é de R$ 652 milhões. Os recursos são oriundos da privatização da Celg.

O Goiás na Frente prevê R$ 9 bilhões de investimentos em obras e serviços em todas as regiões do Estado. Do montante, R$ 6 bilhões são provenientes do Tesouro Estadual e R$ 3 bilhões de recursos privados, dentre eles 600 milhões de dólares da privatização da Celg D/Enel. O programa está dividido em quatro setores de investimentos: obras rodoviárias, obras civis, e nas áreas da Saúde e Educação.

Nas últimas agendas no interior, Marconi já vem anunciando as datas de entregas de rodovias, escolas, residenciais populares e outros equipamentos em construção pelo Governo de Goiás. A agenda administrativa de entregas começa a se intensificar em outubro e se estenderá até o dia 6 de abril, quando Marconi se desincompatibiliza do cargo para disputar as eleições.

“Sempre viremos para o interior para anunciar, vistoriar e entregar obras, nunca para xingar, nunca para desagregar, mas para trabalhar, fazer parcerias. Esse é meu estilo de governar, esse é também o estilo do vice-governador José Eliton, que será governador no ano que vem”, disse Marconi em Montes Claros, durante a agenda do Goiás na Frente, nesta semana.

Saiba mais
OBRAS DO GOIÁS NA FRENTE

RODOVIAS E AERÓDROMOS JÁ PROGRAMADAS PARA EXECUÇÃO PELO GOVERNO DE GOIÁS/AGETOP

1 – Dup. GO-010
Goiânia / GO-415 (Trevo Goianápolis) acesso ao Residencial Irisville
30.000.000,00

2 – Dup. GO-070
Itauçu / Itaberaí
22.351.586,12

3 – Dup. GO-070
Itaberaí / Entr. GO-164 (Mossâmendes)
4.119.164,38

4 – Dup. GO-070
Reabilitação: Inhumas / Entr. GO-154 e Itaberaí / Entr. GO-164 (Mossâmendes)
5.372.717,69

5 – Dup. GO-070
Entr. GO-164 (Mossâmedes) / Cidade de Goiás
64.728.289,67

6 – Dup. GO-080
Nerópolis / BR-153
52.250.956,15

7 – Dup. GO-080
Nerópolis / BR-153 – sub
5.585.394,93

8 – Dup. GO-080-OAE
Ponte
3.844.474,08

9 – Dup. GO-080-OAE
Ponte
3.855.007,85

10 – Dup. GO-080-OAE
Ponte
1.564.801,86

11 – Dup. GO-080-OAE
Ponte
1.826.830,39

12 – Dup. GO-139
Entr. GO-010 / Silvânia
1.859.140,63

13 – Dup. GO-206
Av. Modesto de Carvalho – Itumbiara
10.517.225,00

14 – Dup. GO-213
Caldas Novas / Morrinhos
85.968.385,91

15 – Dup. GO-507
GO – 213 / Pousada (+- 7Km)
18.000.000,00

16 – Anel Viário de Rio Verde
24.984.111,08

17 – Aeródromo
Cristalina
1.070.988,88

18 – Aeródromo
Iporá
557.200,85

19 – Aeródromo
Mozarlândia
1.338.630,82

20 – Supervisão
Supervisão BNDES-PROPAE
10.947.859,20

21 – Eixo de Interligação Polo Empresarial de Ap. de Goiânia – ALAMEDA DA PAZ
13.113.721,37

22 – Ligação (GO-566) Ordália / Itaberaí
1.873.689,88

23- Pç. Pes. GO-080
Jaraguá/Goianésia
212.181,68

24 – GO-132
Entr. GO-237 (Niquelândia)/est. 1874 (Colinas do Sul)
16.353.773,69

25 – GO-139
Olhos D’Agua/Corumbá
29.940.822,80

26 – GO-156
Uirapuru / Entr.GO-239 (Mundo Novo)
32.330.303,68

27 – GO-184
Estrada Velha de Coiapônia
46.148.740,14

28- GO-239
São Jorge/Colinas do Sul
27.458.494,96

29 – GO-324
Jussara/Jacilândia – Pontes
2.340.274,03

30 – GO-330
Entr. GO-154 (Taquaral) / Santa Rosa
7.870.584,58

31 – GO-334
Nova América/ Entr. GO-164 (Mozarlândia) – subtrecho: Entr. GO-156/Estaca 1859, incluindo OAE
20.847.673,54

32 – GO-347
Mara Rosa/Alto Horizonte
2.393.479,57

33 – GO-353/241
Bonópolis/Cruzeiro
32.151.815,37

34 – GO-420
Nova Veneza/Entr. GO-080
10.945.705,16

35 – GO-425
Santo Ant. Descoberto / Barraca da Serra
14.475.414,64

36 – GO-468
Bezerra / Divisa GO-MG
341.111,47

37 – GO-474
Abadiânia / Lago Corumbá
22.616.802,12

38 – GO-479
Capela / GO-338 (Placa) / Lagolândia
5.339.631,45

39 – GO-520
Luziânia / Lago Azul – subtrecho entr. GO-425 (Acesso a Corumbá IV) / Lago Azul
14.466.536,47

VALOR TOTAL 651.963.522,10

Do Goias24hs

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*