Sinprefor acompanhou as medidas anunciadas pelo Governo de Formosa

Na manhã desta quarta-feira (01/11), os dirigentes e o advogado do Sinprefor participaram da coletiva de imprensa, que contou com a presença dos secretários de: Educação, Saúde, Finanças, Infraestrutura, Promoção Social e Gestão e Planejamento, emissoras de rádio e alguns vereadores, onde o Governo de Formosa anunciou algumas medidas drásticas que serão aplicadas em relação a economia e controle da parte financeira do município para liquidar dívidas de administrações anteriores.

Foi anunciado pelo Prefeito Ernesto Roller a redução de 30% do salário dele, 20% do salário dos secretários, redução na quantidade de horas extras, corte de 60% nas gratificações e corte da gratificação de insalubridade de alguns servidores efetivos que não tem direito da mesma, segundo laudo técnico.

Informou também, que o laudo técnico dos locais insalubres da Prefeitura de Formosa, já está pronto e anunciou que fará nós próximos dias, uma reunião com a diretoria do Sinprefor para apresentação e análise desse laudo.

Diante do exposto, o Sinprefor recebeu com grande preocupação essas informações, principalmente na questão de bloqueio das contas da Prefeitura.

As medidas anunciadas pelo Governo de Formosa serão drásticas. Em relação ao bloqueio das contas, isso sim, pode atingir diretamente todos os servidores efetivos do município.

O bloqueio das contas da Prefeitura Municipal de Formosa, diante das dívidas das administrações anteriores gerou vários precatórios, um deles deverá ser pago nos próximos dias. Caso o mesmo não seja pago o prejuízo maior será dos servidores com atraso na folha de pagamento dos proximos meses.

A direção do Sinprefor e o departamento juridico analisarão o laudo técnico, assim que for disponibilizado à essa entidade sindical e orienta todos os servidores que tiver dúvidas em relação ao corte de gratificação de insalubridade que fiquem atentos as orientações do seu sindicato.

*À Direção do Simprefor

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*