Governador vistoria construção da Unidade Estadual de Saúde Especializada em Formosa

Fotos: Humberto Silva.

Em Formosa, pelo segundo dia consecutivo, depois de inaugurar o Colégio Padrão Século XXI e o Sistema de Esgoto Sanitário, o governador Marconi Perillo vistoriou a obra de construção da Unidade Estadual de Saúde Especializada (USE), situada no Jardim Oliveira. “Nós estamos transformado Goiás num dos melhores estados do País em matéria de saúde”, destacou Marconi. A obra está orçada em R$ 9,5 milhões, recursos do Goiás na Frente.

O governo vai ofertar atendimentos médicos especializados nas seis USEs que estão sendo construídas no Estado. “As seis USEs que estão em construção vão revolucionar a saúde em Goiás”, declarou Marconi. O deputado federal Célio Silveira, médico por formação, aprovou o que viu: “Essa é uma obra que impressiona pela estética e pelo que vai oferecer. O governador Marconi Perillo está de parabéns”. A USE de Formosa tem 4.000 m² e salas para atendimento de diversas especialidades médicas.

Segundo Marconi Perillo, as Unidades Estaduais de Saúde Especializada “vão descongestionar os hospitais e vão transformar Formosa numa central de resolutividade. Isso é muito importante para o povo. As prefeituras vão economizar com combustível, pois não terão mais que levar pacientes para os grandes hospitais em ambulâncias”.

Unidades Estaduais de Saúde

As Unidades Estaduais de Saúde Especializada (USEs), conhecidas anteriormente como Unidades Médicas Especializadas (AMEs), terão mais de 20 especialidades, “com todo o trabalho ambulatorial e de exames”, explicou o governador. O pacote de obras do Goiás na Frente para a saúde está recebendo R$ 240 milhões em investimentos oriundos da privatização da Celg.

Dentre as obras previstas para serem entregues em março, estão a ampliação do Huana e do HDT, inauguração do Hospital do Servidor e de dois Credeqs, além de Unidades Estaduais de Saúde Especializada (USE’s). Algumas obras já foram inauguradas na área da saúde, a exemplo do Centro de Diagnósticos do Crer e o Hospital de Doenças Sanitárias Santa Marta, entre outras.

 

Do Goiás Agora.

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*