Prefeita goiana é afastada do cargo por entregar administração para o marido

A juíza Marianna de Queiroz Gomes, da Vara das Fazendas Públicas da comarca de Mozarlândia, acatou parecer do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) para afastar, pelo período de 180 dias, a atual prefeita de Araguapaz, Márcia Bernardino de Souza Rezende, por improbidade administrativa. Segundo ação cívil pública proposta pelo órgão ministerial da cidade, ela era peça apenas figurativa, pois quem de fato administrava a cidade era seu marido e ex-prefeito, José Segundo Rezende Júnior.

Com isso, ele também foi proibido de adentrar nas dependências da prefeitura, e a magistrada determinou ainda o bloqueio dos bens móveis e veículos em nome do casal.

Do Diário de Goiás.

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*