Marconi amplia ações para fortalecer a pesquisa científica e a inovação em Goiás

“Cooperar, inovar, fomentar”, com estas palavras o governador Marconi Perillo assinou e resumiu, hoje de manhã, no K Hotel, em Goiânia, dois importantes atos visando o fortalecimento da inovação e do desenvolvimento da pesquisa científica no Estado: Convênio da Fapeg com a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação (Embrapii), no valor de R$ 4,75 milhões, e entrega dos cartões de fomento para 120 pesquisadores, com investimento total de R$ 22 milhões.

A Embrapii é referência nacional em projetos de pesquisa científica e tecnológica. A unidade da empresa em Goiás será instalada no Instituto Federal Goiano (IFG), em Rio Verde. Com o financiamento de mais 120 projetos de pesquisa, o estado já soma mais de R$ 200 milhões investidos em ciência e inovação, por meio da Fapeg.

Em tom de despedida, Marconi disse que se sente muito à vontade no meio da comunidade científica, porque procurou criar as condições para que houvesse um crescimento da pesquisa e do desenvolvimento tecnológico em Goiás nos últimos anos. Ele defendeu a vinculação constitucional de recursos para a área de pesquisa e inovação, argumentando que “o líder de verdade não deve dizer não a esta vinculação”.

Para ele, a inovação o que diferencia os grandes líderes. Por fim, Marconi agradeceu o empenho dos reitores das instituições federais de ensino, assinalando que encontrou um “clima muito favorável” para conjugação de esforços.  Confira alguns pontos da fala do governador:

Inovação

“Impressionante a parceria entre academia e governo pela pesquisa em Goiás”

O governador falou sobre o resultado da parceria entre academia e governo pela pesquisa em Goiás: “É impressionante o resultado. Os pesquisadores estão colaborando com Saúde, Educação, Segurança Pública e outros. Estamos ampliando o apoio às Startups, aceleradoras e incubadoras, com vários arranjos produtivos locais. Isso tudo com suporte da Fapeg e do governo de Goiás”.

Pesquisa

“Entregamos, hoje, quase R$ 30 milhões para pesquisa e inovação em Goiás”, afirmou Marconi

Ele destacou o volume de investimentos do Estado na área de pesquisa em Goiás: “Entregamos mais de R$ 22 milhões para pesquisa e inovação, são pesquisadores renomados de Goiás; e assinamos, hoje, convênio com a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Emprabii) no valor de R$ 4,7 milhões para que possamos avançar em Pesquisa Aplicada na cidade de Rio Verde. Portanto, quase R$ 30 milhões em pesquisa e inovação celebrados no dia de hoje”.

Educação

“Deveremos ficar, este ano, novamente, em 1º ou 2º lugar no Ideb”, informou

O governador Marconi disse que o governo de Goiás vai ficar, novamente, no 1º e 2º lugares no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), realizado ano passado. “Eu e a secretária Raquel Teixeira temos muita convicção disso”, assinalou.

Segurança

“Na Segurança, avançamos muito em inteligência”, salientou Marconi

Ele reforçou que o governo de Goiás avançou muito em inteligência, diminuindo vários indicadores de criminalidade nos últimos 14 meses. “Tivemos, no período, investimento grande na Segurança, sobretudo, em inteligência,” assegurou.

Fapeg – Ao discursar na solenidade, a presidente da Fapeg, Maria Zaira Turchi, afirmou que a comunidade científica tem muito a agradecer ao governador Marconi Perillo por apoiar o desenvolvimento da ciência e da tecnologia no estado. “Governador, o senhor é um estadista para Goiás e para o Brasil”, disse Zaira, para quem Marconi tem um “olhar muito acurado” quando o assunto diz respeito à área da pesquisa e da inovação.

O presidente da Embrapii, Jorge Guimarães, assinalou que o governador “merece aplausos” pelo que tem feito pela ciência em Goiás, um modelo de gestão similar só existem em Santa Catarina e que, sem dúvida alguma, vai impactar positivamente no desenvolvimento no estado nos próximos anos.  Citando um ditado chinês, Jorge Guimarães observou que Goiás está no caminho certo, ao mostrar que “crise é sinal de oportunidade”.

 

Do Diário de Goiás.

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*