Desarticulada quadrilha que arrombava cofres de agências bancárias

Cinco integrantes de uma quadrilha de alta periculosidade foram presos durante ação das policias Civil e Militar em Carmo do Rio Verde. Outros três componentes do bando acabaram mortos em confronto com as forças de segurança. Os bandidos vieram de Mato Grosso, arrombaram o cofre de uma agência em Nova Crixás e pretendiam agir em outras cidades goianas.

De acordo com o Major Câmara do Batalhão de Rotam, as forças de segurança sabiam da ação dos bandidos que acabou sendo frustrada. O oficial informou a reportagem do Diário de Goiás que durante a abordagem realizada por equipes da ROTAM e do GAB da Polícia Civil, os três homens que resistiram à prisão de forma violenta, deram início a uma intensa troca de tiros.

Além dos que acabaram mortos após a agressão feita aos policiais, também integram a quadrilha e foram presos: Wanttanys Anselmo Pinheiro, Marcos Vinícius Tavares, Daniela Rodrigues de Oliveira, Arilson Eduardo da Conceição e Thalita Karen da Silva.

De acordo com a Polícia Militar, durante operação denominada Integração, equipes de policiais foram mobilizadas para várias cidades, Itaguari, Itaguaru, Taquaral, Uruana, Ceres, Rialma e Carmo do Rio Verde, cidades em que provavelmente a quadrilha atuaria, sendo que por volta 03:00 da manhã deste domingo, os quadrilheiros iniciaram a ação criminosa na agência do Banco do Brasil de Carmo do Rio Verde.

De acordo com o major Câmara, o monitoramento começou a partir do momento em que a quadrilha foi identificada como responsável pelo Roubo a Agência do Banco do Brasil na cidade de Crixás no dia 4 deste mês.

Apreensão

Foram apreendidos em poder dos bandidos três armas de fogo, sendo um Fuzil Cal 7mm e duas Pistolas Glock, vários equipamentos que seriam utilizados para arrombarem o cofre principal da agência e ainda dois veículos.

 

Do Diário de Goiás.

print