Realizados 847 resgates durante Operação Semana Santa

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) divulgou nesta segunda-feira (2) o balanço da Operação Semana Santa 2018, iniciada na última quinta-feira (29) e que contou com reforço diário de 220 bombeiros, além do efetivo operacional das Unidades do CBMGO em todo estado. Durante a Operação, 14 postos avançados de monitoramento foram montados em pontos estratégicos do Estado.

Ao todo, foram realizados 1416 atendimentos, entre eles 847 ocorrências de resgate, 34 incêndio urbano, 23 incêndio em vegetação, 120 busca e salvamento, uma ocorrência de produto perigoso, além de 391 ações preventivas. Foram registrados 13 óbitos. Segundo os Bombeiros, foram registradas oito mortes por afogamento e cinco mortes por acidente de trânsito.

Como nos outros anos e durante as férias escolares, o Corpo de Bombeiros promoveu trabalho preventivo no sentido de evitar mortes por afogamento. Uma vez que no período de feriados prolongados a combinação bebida e mergulho torna-se mais recorrente e é uma mistura altamente perigosa.

O público atendido durante os dias da operação somou mais de 63 mil pessoas. Uma das ocorrências de maior repercussão foi o salvamento de um grupo de 30 turistas que ficou ilhado em uma cachoeira na Chapada dos Veadeiros.

Para realizar o resgate, os militares utilizaram cabos, coletes e um equipamento que flutua sobre a água, conhecido como life belt, uma espécie de boia. Todas as vítimas foram resgatadas sem ferimentos.

 

Do Diário de Goiás.

print