Vacinas contra H1N1 acabam em seis unidades de saúde de Goiânia

Centro de Vacinação está entre os postos que tiveram que interromper campanha de imunização

Ao menos seis unidades de saúde da capital registraram desabastecimento da vacina contra a influenza A (H1N1), nesta quarta-feira (25/4), no terceiro dia da imunização do segundo grupo prioritário, que abrange grávidas, mães de resguardo e crianças até 5 anos.

Entre as unidades que estão sem vacina está o Centro de Vacinação Municipal, no Setor Pedro Ludovico. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que aguarda recebimento de mais vacinas da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

A pasta estadual, por sua vez, afirma que espera entrega das doses pelo Ministério da Saúde, que deve ocorrer somente na próxima semana.

Confira abaixo a íntegra do comunicado a SMS:

A Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS) informa que iniciou o dia com cerca de 16 mil doses distribuídas entre as 56 salas que oferecem a vacina contra a gripe. Destas, 50 unidades possuem as doses e seis apresentam desabastecimento.

A SMS aguarda o recebimento de mais vacinas da Secretaria Estadual de Saúde (SES). A orientação é que as pessoas dos grupos prioritários aguardem a chegada das novas doses e que toda a população continue seguindo as medidas preventivas para evitar a contaminação pelos vírus que causam a gripe.

Do Jornal Opção

print