Grupo falsificava boletos para aplicar golpes milionários pela internet

(foto: PCDF/Divulgação)

A suspeita é de que os suspeito teriam faturado cerca de R$ 6 milhões em produtos comprados online.

Durante a operação, os policiais apreenderam dezenas de produtos, como aparelhos celulares sofisticados, computadores, televisões e até bebidas alcoólicas.

 Agentes da Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Propriedade Imaterial e a Fraudes (CORF) da Polícia Civil desarticularam grupo especializado em dar golpes pela internet. De acordo com a investigação, os suspeitos teriam faturado até R$ 6 milhões em produtos vendidos pela internet. No total, duas pessoas foram presas no Cruzeiro Velho.
Os investigadores ainda procuram outros integrantes da associação criminosa, que estão foragidos. Os supostos criminosos aplicavam golpes em consumidores do Distrito Federal e de outros Estados. A suspeita é de que o bando falsificasse boletos bancários para aplicar adquirir produtos pela internet.
Durante a operação, os policiais apreenderam dezenas de produtos, como aparelhos celulares sofisticados, computadores, televisões e até bebidas alcoólicas.
Do Correio Brasiliense
print