Prefeitura de Cristalina é condenada a pagar R$ 160 mil a casal por erro médico que levou à morte recém-nascido

(Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Segundo o processo, houve negligência e imperícia por parte da equipe que realizou o parto

print