Simone Biles já vai entrar em ação em Stuttgart como a maior campeã da história do Mundial, com 14 ouros.

Simone Biles já vai entrar em ação em Stuttgart como a maior campeã da história do Mundial, com 14 ouros. A americana quer mais, quer se manter no topo e desafiar o impossível. A partir deste sábado, ela se apresenta na Alemanha e tenta homologar mais dois novos elementos e assim aumentar para quatro a lista de movimentos batizados com o seu sobrenome. Só Simone consegue realizar as acrobacias “Biles” de tão difíceis que são.

A americana já tem uma acrobacia homologada no solo e uma no salto. Se acertar os novos movimentos (um no solo e um na trave), ela vai batizar os dois elementos e se igualar à americana Kelly Garrisson no ranking de ginastas mulheres com mais elementos batizados. As duas ficarão atrás apenas da lenda russa Svetlana Khorkina, que tem oito movimentos com seu nome no código. A diferença é que só Simone Biles já apresentou os elementos com o nome dela em competições internacionais, enquanto as outras já foram replicadas.

NOME Simone Arianne Biles, NACIONALIDADE Americana-Belizense, DATA DE NASCIMENTO 14 de março de 1997, CIDADE NATAL Columbus, Ohio, EUAIDADE 22 anos PESO 47,6 Kg, MEDALHAS EM MUNDIAIS 14 ouros, 3 pratas e 3 bronzesMEDALHAS EM OLIMPÍADAS4 ouros e 1 bronze

O Biles do solo

É um duplo mortal estendido para trás com meia volta. A Simone é a única que já apresentou o elemento de valor G em competições internacionais. Foi o primeiro homologado por ela, no Mundial de 2013, seu primeiro. Em treino, Simone já fez uma ligação inédita do Biles com um mortal simples.Rever a animação

corridarondada/rodantemortalBiles do solo

O Biles do solo em 360º

Imagem em 360 graus do estádio

O Biles do salto

É uma meia volta na primeira fase do salto com dupla pirueta na segunda fase. Simone homologou o movimento no Mundial de 2018 e teve valor de dificuldade de 6,4 pontos, se igualando ao Produnova como o mais difícil do código (o Produnova é chamado de salto da morte). Nem a Simone executa sempre de tão difícil que é. Ela inclusive errou e caiu na final do individual geral do último Mundial, mas mesmo assim foi campeã.Rever a animação

corridarondada/rodanteBiles do salto

O Biles do salto em 360º

Imagem em 360 graus do estádio

O Biles da trave

É uma saída do aparelho com um duplo mortal grupado para trás com dupla pirueta. É um elemento que algumas ginastas fazem no solo, mas nunca alguém tinha apresentado na saída da trave. Simone apresentou pela primeira vez no nacional americano no início de agosto. Ela vai tentar homologar no Mundial de Stuttgart, em outubro, e o elemento vai ter o valor I, um dos mais elevados da ginástica.Rever a animação

flicmortalBiles da trave

O Biles da trave em 360º

Imagem em 360 graus do estádio

O Biles II do solo

É um duplo mortal grupado para trás com tripla pirueta. O elemento inédito para mulheres foi apresentado pela Simone pela primeira vez no nacional americano no início de agosto. Ela vai tentar homologar no Mundial de Stuttgart, em outubro, e o elemento vai ter valor I, um dos mais elevados da ginástica.Rever a animação

corridarondada/rodantemortalBiles II do solo

O Biles II do solo em 360º

Imagem em 360 graus do estádio

CRÉDITOS

Produção e Texto:

  • Marcos Guerra

Edição:

  • Lydia Gismondi

Arte:

  • Alexandre Lage
  • Mário Alberto
  • Mário Guilherme Leite

Desenvolvimento:

  • Diego Marcelo

globo.com

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*