Em 10 dias, Goiás confirma mais de mil casos de coronavírus

Foto: Marcos Serra Lima/G1

No mesmo período também houve o registro do recorde de casos confirmados em 24 horas, que chegou a quase 200.

Com baixo índice de isolamento social comparado aos outros estados brasileiros, Goiás confirmou mais de mil casos de coronavírus em apenas dez dias. O estado está no nível vermelho de isolamento. Os dados são da Plataforma COVID-19.

No último dia 11 de maio, o número de pessoas infectadas pela doença era de 1.100, mas subiu para 2.155 nesta quinta-feira (21/5), um aumento de 1.055 casos. Em 15 dias também houve o registro do recorde de casos confirmados em 24 horas, que chegou a quase 200. No dia 13 de maio haviam 1.225 pessoas infectadas, passou para 1.423 no dia 14 de maio.

Em relação aos casos suspeitos, no último dia 11 eram 11.969 e agora são 16.585, um aumento de 4.616 pessoas com suspeitas de contaminação.

Além disso, também subiu o número de mortes, que passou de 49 para 85, sendo 36 óbitos a mais. No mesmo período também foi registrado o recorde de morte em 24 horas. No dia 12 de maio eram 52 óbitos em decorrência da covid-19, no dia 13 de maio passou para 61, 9 casos a mais.

Casos de coronavírus em Goiás

Segundo dados da Plataforma COVID-19, do Governo Estadual, até a manhã desta sexta-feira (22/5), 2.232 casos já foram confirmados no Estado. No informe epidemiológico desta quinta-feira (21/5) trazia o número de 2.155, ou seja, 77 confirmações em cerca de 14 horas. O número de óbitos também passou de 85 para 93 no mesmo período.

Até o momento, 100 municípios já contam com casos confirmados da doença. Outros 110 contam somente com casos suspeitos e 36 sem nenhum registro. Veja a lista com os dez municípios com mais casos da covid-19:

  • Goiânia – 1103
  • Aparecida de Goiânia – 208
  • Anápolis – 110
  • Valparaíso de Goiás – 75
  • Luziânia – 52
  • Águas Lindas de Goiás – 41
  • Jataí – 39
  • Goianésia – 34
  • Rio Verde – 33
  • Trindade– 32

Fonte: Dia Online Goias

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*