Presidente da ANACRIM-PI fala sobre violência contra a mulher e Assédio sexual em escolas

 

O advogado Antônio Cantuária, presidente da Anacrim-PI e membro da Ajuspi concedeu entrevista à rádio Pioneira de Teresina.

O advogado falou sobre os constantes casos de violência contra a mulher e violência familiar, assunto que ganhou destaque em todo o mundo nos últimos dias com a ‘hastag #exposed’, que em Teresina, virou #exposedteresina, movimento que ganhou milhares de adeptos nas mídias sociais e que fomenta a denunciação de violência contra a mulher.

“Hoje vivemos essa triste realidade com inúmeros casos deste tipo de violência na sociedade. Mas felizmente, agora temos as redes sociais em que essas agressões podem ser denunciadas e todos podem combater, podem ajudar com campanhas como estas”, explica o advogado.

Cantuária também comentou sobre supostas denúncias advindas de escolas de Teresina sobre assédio sexual, importunação sexual e até mesmo a possibilidade de estupro.

“Nestes casos temos o direito de proteção da vítima, que está sendo agredida e também o direito de quem está sendo acusado. Quanto à responsabilidade das escolas, entendo que elas são responsáveis por todos os atos que ocorrerem dentro da instituição, pois esta devia fiscalizar estes casos”, destaca o advogado.

Cantuária chamou atenção ainda sobre as denúncias que estão circulando nas redes sociais, porque, segundo ele, são todas anônimas. “Precisamos saber quem realmente foi a vítima, detalhes do fato. Tem que ser apurado”, frisa.

Ele reforçou sobre a importância da não criminalização da vítima, como apontar que vítima estava usando roupa curta ou decotada, ou que deu azo para investidas dos agressores, ainda mais se tratando de menores de idade.

Por Política Dinâmica 

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*