No nosso governo, dinheiro público é para fazer com que as obras aconteçam”, afirma Ronaldo Caiado, em Formosa

 

Governador visitou neste sábado (06/06) a Policlínica e o Hospital, este último foi estadualizado este ano e ambos estão em fase de conclusão das obras para início do atendimento à população do Nordeste goiano

Paralisada há quase quatro anos, as obras da Policlínica de Formosa foram retomadas pelo Governo de Goiás há seis meses para que seja cumprida a promessa de regionalização da Saúde em todo o Estado. Em visita à unidade neste sábado (06/06), o governador Ronaldo Caiado, acompanhado do secretário do Governo Ernesto Roller, destacou que a Policlínica teve de ser toda refeita.

Agora, as obras já estão em estágio avançado, o que demonstra, nas palavras do governador, que o Estado tem “respeito com o dinheiro público, respeito com a saúde da população”. A Policlínica de Formosa possui 3.775 metros quadrados de área construída com ambientes distribuídos em consultórios, laboratórios, clínica, administrativos e manutenção. Além desta unidade, já foi instalada uma Policlínica em Posse e o Governo prepara estruturas em Goianésia, Quirinópolis e outras cidades goianas.

A Policlínica de Formosa ainda oferecerá aos cidadãos do município e da região consultas com diversas especialidades médicas, realização de exames e atendimento ambulatorial.

“É uma conquista nossa, um reconhecimento do governador Ronaldo Caiado, aos formosenses”, disse o secretário do Governo e ex-prefeito de Formosa, Ernesto Roller.

A Policlínica atenderá a demanda de cidades como Alvorada do Norte, Cabeceiras, Flores de Goiás, Vila Boa, Simolândia, entre outras. “Formosa será referência para atender o Nordeste goiano. Da divisa da Bahia para cá, todas as cidades serão atendidas em Formosa”, afirmou o prefeito Gustavo Marques.

Hospital Estadual de Formosa
Estadualizado em 2020, após aprovação da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), o Hospital Estadual de Formosa passa agora por ampla reforma para a melhoria da estrutura e instalação de leitos de UTI. A unidade conta com 50 leitos de enfermaria e serão implantados 10 leitos de UTI. A estrutura ainda comporta a instalação de mais 10 leitos de enfermaria, totalizando 70.

Segundo o governador, o Hospital atenderá às demandas de média e alta complexidades, além disponibilizar uma ala exclusiva para pacientes com Covid-19. “Após essa pandemia do coronavírus, a UTI vai continuar funcionando para poder dar qualidade de saúde a todo esse povo querido de Formosa”, reforçou Ronaldo Caiado.

Benefícios
As duas unidades estaduais vão trazer uma série de benefícios ao município, especialmente pelo atendimento das demandas de média e alta complexidade. “Formosa ganha muito com isso porque antes só tínhamos atendimentos eletivos. Hoje, já temos aqui a oportunidade de iniciar a instalação de dez leitos de UTI para atender Formosa e região”, declarou o prefeito.

Além disso, com a Policlínica e o Hospital Estadual, os cidadãos não vão precisar recorrer ao atendimento de saúde da capital. “Não precisaremos mais ficar na estrada, transitando com ambulância e as pessoas perdendo a vida indo para Goiânia ou Brasília”, completou Gustavo Marques.

Comando de Artilharia do Exército
Também na manhã deste sábado, o governador visitou o Comando de Artilharia do Exército, no Forte de Santa Bárbara, em Formosa, a convite do presidente Jair Bolsonaro. Ao lado de ministros, integrantes do governo e apoiadores, o Ronaldo Caiado acompanhou o funcionamento do Programa Estratégico do Exército ASTROS 2020, que visa ampliar as capacidades operacionais e o poder de dissuasão da Força Terrestre do Exército Brasileiro.

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*