Rodney Miranda é afastado da SSP, e Alexandre Lourenço assume interinamente

Governo diz que titular pediu para ser afastado e se defender de acusações relatadas em áudio

Em um breve comunicado, a Secretaria de Comunicação do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, informou que o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, pediu afastamento do cargo. Em seu lugar, assume como interino o delegado Alexandre Lourenço, da Superintendência de Combate à Corrupção e Crime Organizado.

 

Conforme a Secom, Miranda foi quem pediu afastamento “para esclarecer todas as denúncias feitas contra ele”. A saída já era prenunciada no fim de semana. O secretário se desgastou após a divulgação de um áudio de Jorge Caiado, primo do governador, que o acusa de desviar R$ 1 milhão em verba do Corpo de Bombeiros e realizar grampos ilegais.

“Você não vem querer grampear telefone meu, não sou bandido, o senhor me respeita. Então, você está querendo explodir o governo do Ronaldo Caiado. Eu não admito e não aceito. Você fica levando todo mundo na conversa, você é um 171, um safado. E eu não sou Eurípedes não. Eu quebro a sua cara, seu moleque safado. Tá certo? Você que pegou dinheiro do governo, R$ 1 milhão do bombeiro. Você fez um trato e quer explodir o pessoal nosso todinho. Gente da minha confiança”, disse Jorge no áudio.

 

De acordo com nota do governo, um processo para apurar o caso já está instaurado na Polícia Civil e terá o acompanhamento do Ministério Público e da Controladoria-Geral do Estado de Goiás

Por RAFAEL TOMAZETI – Diario de Goias 

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*