Consumo de água

Sabemos que a água é um recurso natural indispensável à vida, e é um recurso finito, ou seja, pode acabar. Nosso país é rico em disponibilidade hídrica, detém cerca de 12% de toda água doce do mundo, mas ainda assim sofremos com secas severas e falta d’água em diversos locais do país.

O Centro Oeste é considerado a região mais equilibrada em termos de consumo e disponibilidadede água. Quanto a Formosa, temos o privilégio de morar no lugar chamado de berço das águas. Uma região com inúmeras nascentes, rios e bacias federais. Por isso, temos o dever de fazer uso correto e consciente deste recurso, haja vista que nossa região possui muito mais responsabilidade no uso e manutenção das nascentes e mananciais do que efetiva disponibilidade e oferta de água tratada. Temos que pensar, também, em como Formosa cresceu em seus 177 anos. Só nos últimos 30 anos a cidade mais que dobrou de tamanho mantendo o mesmo abastecimento, sendo este mais um motivo para o consumo de forma correta e consciente.

Mesmo com toda essa riqueza, devemos pensar no nosso consumo e ter consciência de entender que pode sim faltar água, e que se eu faço uso de forma excessiva, pode faltar para outra pessoa. Uma alternativa de economia é o reuso da água. Existem diversos sistemas como a captação de água da chuva, que posteriormente pode ser utilizada para lavagem de área externa e irrigação. Por exemplo, nas chuvas entre 2019 e 2020, Formosa teve recorde de volume de água, sendo um período ainda mais aproveitado por muitos que já fazem este tipo de reuso; também temos a captação da água da pia, que pode ser utilizada nas descargas sanitárias, entre outros. É importante salientar, que qualquer procedimento relacionado a reaproveitamento de água, um profissional deve ser consultado.

Lembre-se sempre de valorizar esse recurso tão precioso que é a água.

Por Nátila Arnold, Engenheira Ambiental

natilaarnold@gmail.com

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*