Em 12 meses até maio, investidores retiram US$ 50,9 bi do Brasil em aplicações financeiras, diz BC

Banco Central explicou que valores englobam aplicações em ações, fundos de investimento e títulos da dívida pública. Nos cinco primeiros meses de 2020, US$ 33,6 bilhões deixaram a economia brasileira.

Os investidores retiraram US$ 50,9 bilhões de aplicações financeiras no Brasil nos doze meses encerrados em maio deste ano, informou nesta quarta-feira (24) o Banco Central.

Os valores retirados do país englobam aplicações em ações, em fundos de investimentos e em títulos da renda fixa.

As retiradas aconteceram em meio à pandemia do novo coronavírus – que tem gerado saída de recursos de países emergentes para títulos de países desenvolvidos, como os Estados Unidos.

  • Somente em maio, as retiradas somaram US$ 2,2 bilhões, com saídas líquidas de US$ 545 milhões em títulos de renda fixa e de US$ 1,6 bilhão em ações e fundos de investimento.
  • Nos cinco primeiros meses de 2020, houve saídas líquidas de US$ 33,6 bilhões de investimentos em “portfólio” negociados no mercado doméstico, na comparação com o ingresso líquido de US$ 9,7 bilhões no mesmo período do ano passado.

Por Alexandro Martello – G1 

 

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*