Caiado reúne autoridades, apresenta alerta com dados e deve estimular fechamento

Reunião será aberta e transmitida pelas redes sociais com ênfase no momento mais crítico da pandemia

Se o que o governador de Goiás afirmou em entrevista à CNN Brasil na sexta for apontado como perspectiva da reunião entre Ronaldo Caiado e representantes de poderes, pode vir um novo decreto sobre a pandemia em Goiás que seria complementar ao 9.653/20. Ele indicou que o fechamento de atividades por uma semana intercalado com abertura seria uma opção para o pior momento da pandemia.

 

“Eu acho que a única maneira que funciona no caso específico do Coronavírus é o fechamento mais rígido, deixando apenas o serviços essenciais durante uma semana. Depois reabre por um período maior e vai se intercalando um período de total fechamento para outros períodos de flexibilização. até porque todos o nos sabemos que esses períodos então darão um fôlego a nós para que o afluxo de pessoas aos hospitais seja em proporções em que não tenhamos leitos e força de trabalho para tratá-los”, resumiu Caiado ao ser questionado sobre o que deve ser feito no momento.

No entanto, a reunião entre o governador, os prefeitos, deputados estaduais, deputados federais, presidentes de poderes, líderes empresariais será um encontro de distribuição de responsabilidades. E, cada um vai ter que assumir a sua na condução do que é essencial para o momento.
Assim, mesmo que um decreto de fechamento por uma semana seja uma alternativa, Caiado deixa claro que espera uma contrapartida dos prefeitos para conter a abertura de atividades para conter a contaminação.

Após anunciar que o Estado estava implantando novos 200 leitos de UTI´s para receber pacientes de Covid-19, Caiado afirmou que não teria mais como ampliar a capacidade de atendimento na rede pública.

O evento terá transmissão pública e, pela quantidade de participantes, não será possível que todos falem. Então, boa parte vai ouvir. Mas, quem vai fazer o preâmbulo são os professores da Universidade Federal de Goiás que estão assessorando o governo goiano com a modelagem indicando quais as projeções para as próximas semanas, considerando o atual índice de isolamento social.

Por ALTAIR TAVARES – Diário de Goiás. 

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*