Foragido da justiça morre em confronto após manter criança como refém

Imagem reprodução

Condenado que é suspeito de vários roubos a comércios na Vila Roriz, em Goiânia, estava armado com uma pistola de uso restrito

Um foragido da justiça morreu após trocar tiros com militares do 9º BPM na tarde de segunda-feira (29), na Vila Roriz, em Goiânia. Com o condenado, que na fuga fez refém uma criança de apenas quatro anos, os militares apreenderam uma pistola de uso restrito, calibre Nove Milímetros.

De acordo com a ocorrência registrada pela PM, uma equipe do Tático fazia patrulhamento pela Vila Roriz quando, ao se aproximar de dois homens que conversavam na calçada, um deles subiu em uma bicicleta, e correu. Perseguido, o foragido abandonou a bicicleta, fugiu correndo a pé, e saltou muros de várias residências, ocasião em que os PMs perceberam que ele tirou uma arma da cintura.

O quarteirão foi cercado, e condenado acabou na cozinha de uma residência, onde fez, como escudo humano, uma criança de apenas quatro anos. Ao perceber a entrada dos policiais, ele empurrou a criança, atirou contra as equipes, e, baleado no revide, e morreu antes mesmo da chegada do socorro médico.

Segundo a PM, o foragido, que não teve a idade e nome divulgados, já tinha duas condenações por roubo, e duas por furto. Pelas características físicas, e arma que portava, a polícia suspeita que ele seja o criminoso que nos últimos dias assaltou vários comércios na Vila Viana.

 

Por Mais Goias 

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*