José Vitti diz que não aceitou ocupar secretaria no governo de Ronaldo Caiado

Numa entrevista, o ex-deputado diz que se sentiu honrado pelo convite, mas que preferiu não ocupar cargo. Ele pretende disputar mandato de deputado em 2022

O ex-presidente da Assembleia de Goiás José Vitti disse ao radialista e jornalista Marcos Barbosa que não assumirá cargo no governo de Ronaldo Caiado (DEM). Barbosa dirige o veículo digital “GO In Foco”.

José Vitti afirmou que ficou “honrado” com o convite, mas optou por não assumir cargo. “A minha intenção não é ir para o governo, mas muito me honrou o convite do governador Ronaldo Caiado.” O empresário teria recusado porque não quer ficar preso em alguma atividade nova.

José Vitti afirmou que vai abrir um escritório político em Goiânia, em agosto, tendo em vista que deve disputar mandato de deputado federal ou estadual em 2022. “Tenho sido muito procurado pelos companheiros. A nossa região carece de representação política.”

O ex-deputado relatou a Marcos Barbosa que, durante a pandemia do novo coronavírus, tem se dedicado a um hobby: cozinhar para a família e para os amigos. “Quando eles estão com muita fome, aí eu começo a fazer a comida. Então, quando sirvo a comida, todos ficam satisfeitos.” Outro hobby de José Vitti é criar cachorros — tem dezesseis. Muitos deles são da raça pastor alemão. “Estou com uma ninhada excelente.”

José Vitti contou que sua mãe está com Alzheimer.

Por Jornal Opção

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*