Bebês são registrados por biometria em maternidades de Goiânia

Iniciativa inédita do Programa Goiás de Resultados envolve Ipasgo e SSP-GO

O Programa Goiás de Resultados, do Governo de Goiás, iniciou a implantação da biometria neonatal nas maternidades de Goiânia. O inovador projeto foi idealizado em 2019 e pretende se conectar ao cidadão durante todo o seu ciclo de vida, buscando dados e informações para oferecer políticas públicas mais eficientes em um momento tão importante como o nascimento de uma criança. O teste piloto do projeto começou a ser implantado entre usuários do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado de Goiás (Ipasgo). Desde o início de junho, quatro bebês que nasceram no Hospital da Mulher, em Goiânia, foram inseridos imediatamente ao sistema do plano de assistência.

O projeto “Bebê Ipasgo” ainda conta com a parceria da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO). Atualmente, quatro papiloscopistas da Gerência de Identificação da Polícia Civil (PC) são responsáveis por recolherem as pequeninas digitais dos recém-nascidos ainda na sala de parto. “Apesar das impressões digitais possuírem a característica de não mudarem ao longo do tempo, a anatomia dos recém-nascidos, basicamente o tamanho dos dedos, é um obstáculo para a maioria dos leitores de impressões digitais do mercado”, explicou o papiloscopista Rhaul Almeida e Silva.

A nova tecnologia utilizada pelo Governo de Goiás nessa fase do projeto consegue entregar capturas biométricas com resolução três vezes maior do que os outros leitores que circulam no mercado. Em seguida, os dados são enviados para a Gerência de Identificação que prepara a carteira de identidade da criança, garante maior segurança no processo de identificação dos recém-nascidos e ainda diminui os riscos de trocas ou roubos de bebês.

A pequena Helena Rodrigues Carneiro Sousa, nascida dia 24 de junho, foi o segundo bebê a participar do projeto “Bebê Ipasgo” e deixou o hospital já com sua certidão de nascimento. A mãe, Silvana da Silva, recebeu o cartão do plano de saúde da filha pelos correios, sem sair de casa. “Achei o projeto muito interessante, facilitou para nós lá no hospital e precisa dar continuidade, ajudar outras famílias”, avaliou a mãe de Helena.

Projeto pioneiro

O Programa Goiás de Resultados surgiu em 2019, a partir da percepção do governador Ronaldo Caiado de implantar uma metodologia de trabalho entre os órgãos que integram o Governo de Goiás de forma sistemática em uma engrenagem de serviços públicos para resgatar o foco no cidadão, propondo ações reais, concretas.

Sob coordenação do vice-governador Lincoln Tejota, o programa reuniu o Ipasgo e a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO) para dar início a um projeto pioneiro no Brasil: “Bebê Ipasgo”, baseado na biometria neonatal e, num próximo passo, à identificação civil dos recém-nascidos, com a emissão da carteira de identidade.

O projeto “Bebê Ipasgo” faz parte da meta de avançar na biometria dos cidadãos, a fim de permitir melhores condições ao governo para planejar políticas públicas de segurança pública e desenvolvimento social.

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*