Barroso veta biometria nas eleições municipais em função da pandemia do coronavírus

Decisão do presidente do TSE ainda precisa ser analisada pelos demais ministros do tribunal. Ideia surgiu após consulta a especialistas e busca evitar filas e aglomerações.

 

Em função da pandemia do novo coronavírus, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, decidiu excluir a necessidade de identificação biométrica na eleição municipal deste ano.

 

Por Márcio Falcão e Fernanda Vivas, TV Globo — Brasília

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*