Sebastião Tejota aposenta-se do TCE se Lincoln Tejota permanecer como vice de Caiado para 2022, o que pode abrir vaga para Ernesto Roller

Oficialmente, o conselheiro Sebastião Tejota, do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, não comenta o assunto, até porque não fala de política publicamente. Entretanto, em conversas reservadas tem afirmado que até se aposentará para abrir espaço para o ex-deputado estadual Ernesto Roller — secretário de Governo de Ronaldo Caiado — ou para o deputado estadual Humberto Aidar, do MDB. Mas com uma condição: o filho, Lincoln Tejota, deve ser mantido na vice-governadoria para a disputa de 2022.

Sebastião Tejota: seu principal projeto político é o do filho | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Há quem aposte que o sonho de Sebastião Tejota é ser deputado federal. De fato, ele tem interesse em voltar à política, relatam alguns de seus interlocutores. Mas não é seu projeto número um.

Na verdade, Sebastião Tejota quer mantar o filho como vice, para a eleição de 2022, e quer vê-lo disputando o governo em 2026. O conselheiro, de acordo com um de seus interlocutores, acredita que Ronaldo Caiado será reeleito em 2022 e, em 2026, deixará o governo para disputar mandato de senador. Consequentemente, seu vice assumirá o governo e se tornará candidato natural à reeleição.

 

Por Jornal Opção

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*