Dupla de Cauan, Cleber relata preocupação com internação do parceiro na UTI por causa da Covid-19: ‘Aflição’

Segundo assessoria, artista teve 70% do pulmão comprometido por causa da doença e está internado em um hospital de Goiânia. Namorada de Cauan também foi infectada pelo coronavírus, mas se recupera em casa.

O cantor Cleber relatou preocupação com o quadro clínico do parceiro Cauan, de 38 anos, que está internado na UTI tratando de uma infecção causada pelo coronavírus, em um hospital de Goiânia. Apesar disso, ele acredita na recuperação do amigo e diz que muitas pessoas estão orando e mandando mensagens de apoio.

“A gente está aqui numa aflição louca, querendo notícias o tempo inteiro, mas o que a gente pode fazer nesse momento, Cauan, é orar muito por você. O Brasil está mandando boas vibrações, muitas orações. Obrigado pelo carinho de todos vocês”, disse Cleber.

 

O último boletim de Cauan, divulgado pela família no domingo (16), informa que “a tomografia mostrou piora de comprometimento pulmonar ,que passou de 50% para 70% a 75%”. O boletim também cita que Cauan está “estável, fazendo uso de vários medicamentos (antibióticos, anticoagulante, plasma do convalescente, dentre outros) e em oxigenioterapia contínua”.

Cleber também disse que a doença está evoluindo “muito rápido”, o que o deixou bastante assustado. O artista disse que espera o parceiro para voltar aos palcos e pediu que as pessoas se previnam par evitar a contaminação pelo coronavírus.

“As pessoas de casa, se cuidem, porque essa doença é muito estranha, uma doença que pode evoluir rapidamente. Então, cuide de você, porque, naturalmente, você estará cuidando das pessoas que você mais ama”, sugeriu.

A filha de Cauan, Maria Eduarda Máximo, teve que comemorar o aniversário de 8 anos sem o pai, que já estava internado.

“Papai, estou orando por você, volta logo para casa, te amo”, disse Duda, como é apelidada, ao mandar mensagem para o pai.

Evolução do quadro

 

Em uma publicação nas redes sociais da dupla, a equipe informou que Cauan começou a sentir sintomas do coronavírus no último dia 7 de agosto, quando teve febre e dores no corpo. Na segunda-feira (10), o cantor fez o exame e, no dia seguinte, teve a confirmação da doença. Na última quarta-feira (12), ele precisou ser internado.

Namorada de Cauan, Mariana Moraes também foi infectada pelo coronavírus. Ela acompanhava o namorado no hospital antes de ele ser levado para a UTI, no sábado (15). Agora, a jovem se recupera em casa.

Vários artistas enviaram mensagens com desejos de melhoras para o cantor, como Simone e Simária, Gusttavo Lima, Zé Ricardo e Max e Luan.

Carreira

 

Cauan, cujo nome de batismo é Charlles Rodrigues Maximo, nasceu em Ceres, no norte de Goiás. O gosto pela música aflorou ainda na infância, quando participava de eventos na rádio da cidade. À época, ele fazia dupla com a irmã.

Ele conheceu Cleber nos bastidores de uma rádio e os caminhos dos dois começaram a se entrelaçar. Na adolescência ele se mudou para a capital, onde se formou em direito. Cleber morava e estudava em Brasília. Então, a dupla se revezava para tocar em bares nas duas cidades e ainda no interior de Goiás.

O hit que chamou a atenção do mundo da música para a dupla foi uma composição de Cauan: “Mel Nesse Trem”, escrita em 2012. Desde então eles gravaram com vários outros artistas de renome nacional, como Aviões do Forró, Wesley Safadão, entre outros.

Fonte: G1 Goiás

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*