Hospital Regional de Formosa treina colaboradores para atuar na UTI do coronavírus

O objetivo é oferecer à equipe ferramentas essenciais que podem salvar a vida de pacientes e da equipe de intensivistas

O treinamento adequado de intensivistas que enfrentam diariamente a Covid-19 tem salvado a vida de pacientes e de muitos colaboradores. O que se sabe agora sobre a doença é muito mais do que se sabia no início da pandemia.  Pensando nisso, o Hospital Regional de Formosa ofereceu para 49 de seus colaboradores, entre 20 de julho e 20 de agosto, dois treinamentos para capacitação e aprimoramento de suas habilidades e visão sistêmica, com uma carga horária de 11 horas de aprendizado.

“O sucesso do Hospital Regional de Formosa está diretamente relacionado à competência e comprometimento da equipe, composta por colaboradores dedicados à causa de salvar e preservar vidas”, diz a diretora executiva da unidade, Vânia Fernandes.

Técnicas que salvam vidas

O curso ‘Capacitação em Unidade de Terapia Intensiva COVID-19’, com técnicas de reanimação cardiopulmonar, ventilação mecânica, gasometria arterial, balanço hídrico, entre outras e foi ministrado pela enfermeira Ana Paula Lazarini Dias. Durante o período de oito horas, 25 profissionais com atuação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Ala COVID-19, foram contemplados com os exercícios do curso.

O objetivo maior era transmitir aos profissionais o cuidado e a atenção que a instituição tem com a segurança deles. “O mais importante é capacitá-los para que se sintam seguros e protegidos para atuar durante esse período”, disse a enfermeira.

A Ala COVID-19 conta com 4 leitos de UTI, 16 leitos de internação e 10 leitos para observação e atendimento aos pacientes suspeitos e/ou confirmados com o novo coronavírus. A equipe de profissionais que atende esse setor do HRF é constituída por médicos, assistentes sociais, psicólogos, farmacêuticos, nutricionistas, técnicos de enfermagem, enfermeiros e fisioterapeutas.

Qualidade para bom atendimento

Atento também às oportunidades de melhorias em seus processos de gestão de qualidade, o hospital ofereceu aos colaboradores três horas de treinamento sobre o tema ‘Introdução do Setor da Qualidade e Apresentação da Política de Gestão da Qualidade’. Participaram desse encontro outros 24 profissionais da Ala COVID-19.

A equipe pôde tirar suas dúvidas e aprofundar os conhecimentos com a palestrante  da enfermeira, Jéssica Santos. “A Gestão da Qualidade do Hospital Regional de Formosa tem uma perspectiva contínua de melhoria dos processos da unidade, é isso que garante alcançarmos os padrões de excelência”, afirmou Santos.

Além disso, esteve presente também o Diretor Técnico Felipe Uchôa, que ressaltou o entrosamento coletivo como destaque para a alta performance da equipe. “Cada um faz parte de um todo. A Gestão de Qualidade está ali para gerir o todo e para garantir que o mesmo funcione de forma adequada”, enfatizou Uchôa.

Sobre o HRF

O Hospital Regional de Formosa foi estadualizado em abril de 2020. O processo teve início em agosto de 2019 e passou pela aprovação da Câmara dos Vereadores e da Assembleia Legislativa. O Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED assumiu a gestão, em junho, com o compromisso de ampliar o atendimento à população instalando 10 leitos de UTI para pacientes com Covid-19.

As obras estão em andamento e durante o processo de regionalização a população continuará contando com os serviços de Pronto Socorro 24 horas, clínica médica, ortopedia e atendimento a gestantes. Passada a urgência da pandemia o Hospital com melhorias na infraestrutura ficará para a região, ampliando as opções de atendimento para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Assessoria de Comunicação Hospital Regional de Formosa

Fonte: Focalá

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*