Apóstolo Valdemiro e Igreja Mundial têm contas penhoradas pela Justiça

A Mundial é uma das maiores igrejas evangélicas do país. Afirma ter 6.000 templos em 27 países

A juíza Valéria Longobardi, da 29ª Vara Cível de São Paulo, penhorou R$ 246,6 mil das contas bancárias do apóstolo Valdemiro Santiago e da Igreja Mundial do Poder de Deus.

A decisão foi tomada em razão de uma dívida no pagamento do aluguel de um dos seus templos, em São Paulo.

A cobrança é por aluguéis não pagos em 2018 e 2019, mas a igreja disse à Justiça que, por conta da pandemia, foi obrigada a deixar de honrar contratos firmados. De acordo com a defesa, com as igrejas fechadas houve uma queda enorme na arrecadação dos dízimos pagos pelos fiéis.

“É necessário ter fôlego financeiro para continuar com suas operações empresariais e não chegar ao ponto de total falência”, afirmou sua defesa à Justiça.

Não tenho nada com isso’

O apóstolo Valdemiro disse à Justiça que não pode ser responsabilizado pela dívida, pois não tem nenhuma relação jurídica com a Igreja Mundial.

Diz que não assinou o contrato de locação, assim como seu nome não faz parte da ata fundacional nem do estatuto social da igreja.

A Mundial é uma das maiores igrejas evangélicas do país. Foi fundada em 1998 por Valdemiro, ex-bispo da igreja Universal do Reino de Deus. Afirma ter 6.000 templos em 27 países.

Com informações da coluna de Rogério Gentile, na Folha

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*