Saneago mantém suspensão de corte de água até final de setembro

Cortes por inadimplência foram suspensos em todo o estado no dia 19 de março por conta da pandemia da covid-19

Saneagoanunciou, na última segunda-feira (31), que vai prorrogar a suspensão de cortes de água de consumidores devedores. A medida vale para todo o estado e vai valer até o próximo dia 30 de setembro. Os cortes estão suspensos em Goiás desde o dia 19 de março em razão da pandemia do novo coronavírus.

Em comunicado publicado no site da Saneago, a empresa anunciou a prorrogação e agradeceu aos clientes que estão em dia com as faturas, já que, segundo a Companhia, o pagamento é importante para a manutenção dos serviços.

Historicamente, a inadimplência das faturas gira em torno de 4, 5 e 7%. Em março, após as medidas de distanciamento social, bem como a suspensão do corte de água –, o índice teve aumento acentuado, ficando em torno de 30% até o fim do mencionado mês. Desde então, a curva apresenta variações. Atualmente, a taxa de inadimplentes é de cerca de 14%.

Ao Mais Goiás, a empresa informou que está preparando um programa de renegociação de débitos, cujos critérios estão em fase de elaboração.

Energia

Em agosto, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), órgão regulador de todas as distribuidoras de energia do país, liberou as empresas a voltar a efetuar o corte por inadimplência. Em Goiás, a Enel seguiu a autorização e iniciou uma campanha de negociação online para evitar eventuais cortes.

Até o final de setembro, os clientes poderão parcelar as contas em atraso em até 10 vezes (entrada + 9 parcelas) na própria fatura, sem cobrança de juros de financiamento. O parcelamento poderá ser realizado por meio do Aplicativo Enel Goiás, que pode ser baixado gratuitamente, ou pelo Portal de Negociação, no site da empresa.

Por Mais Goiás

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*