TJGO edita novo Decreto que prevê retorno das atividades presenciais no Judiciário Goiano para 04 de Outubro

O Desembargador Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, Dr. WALTER CARLOS LEMES, editou o DECRETO JUDICIÁRIO Nº 1.701/2020, ontem (31/08), em que prevê o retorno das atividades presenciais no Judiciário do Estado de Goiás para o dia 04 de outubro de 2020.

Anteriormente, o retorno das atividades estavam previstos para amanhã (02/09), mas após recomendação feita pelo Parecer nº 001286/2020, o Tribunal de Justiça decidiu adiar a volta para mais um mês.

Em reunião realizada na data de hoje 31.08.2020, o Desembargador Carlos Alberto França – Presidente do Grupo de Trabalho previsto no DJ 1.414/20, apresentou proposta àsautoridades que integram o sistema de justiça, como o MP/GO, OAB/GO, DPE/GO, PGE/GO, e entidades classistas como a ASMEGO, SINDOJUS, SINDJUSTIÇA e ASSOCIAÇÕES DO MINISTÉRIO PÚBLICO e DEFENSORIA PÚBLICA, no sentido de adiamento do retorno das atividades previstas para os dia 02 e 14 de setembro, segundo o DJ 1.431/20.

Os Presidentes da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Goiás, e da Associação dos Magistrados de Goiás, Dr. Lúcio Flávio Siqueira de Paiva e Dra. Patrícia Machado Carrijo, respectivamente, além do Diretor do Foro da
Comarca de Goiânia, Dr. Paulo César Alves das Neves, manifestaram-se pela retomada na forma prevista no DJ 1.431/20.

Já os demais, representantes do MP/GO, CGJ/GO, DPE/GO, PGE/GO SINDOJUS, SINDJUSTIÇA, manifestaram-se pela necessidade de adiamento do retorno das atividades previstas para o mês de setembro, considerando que o retorno neste momento poderá representar riscos, levando em conta as informações técnicas.

Por Lance Goiás

PARECER

DECRETO 1701-2020

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*