Contato com a natureza cresce durante a pandemia – Por Nátila Arnold

A quarentena já dura mais de 6 meses no Brasil, e o isolamento social trouxe diversas mudanças na rotina da maioria das pessoas. A quarentena fez com que muitos ficassem mais tempo em casa, e com isso as pessoas passaram a observar melhor o ambiente em que vivem e sua casa como um todo. O verde começou a dar vida a muitos lares onde antes não havia nenhuma ou pouca planta, bem como aumentou o cultivo de alimentos através de hortas.

O contato com a terra é conhecido como terapia verde, e o fato de se ver o desenvolvimento do zero de uma planta é algo que ajuda a controlar a ansiedade, que traz calma para dentro do lar e gera uma conexão única com o meio ambiente. Quase 100% das pessoas se sentem bem em meio a natureza e passando mais tempo em casa, essas pessoas querem trazer essa paz para dentro de seus lares. É notório que o olhar de quem cuida de plantas ou de uma horta em casa é diferente das demais pessoas, já que a correria do dia a dia é estressante e até prejudicial à saúde. 

Para se cultivar plantas e flores em casa é necessário um local onde tenha sol e que as plantas sejam regadas com frequência, de acordo com cada espécie. Por exemplo, as suculentas são plantas que o talo ou as folhas são mais grossas para permitir o armazenamento de água, portanto sendo necessário molhar de 1 a 2 vezes por semana. Já flores como orquídeas e lírios por exemplo, ou hortaliças devem ser regadas todos os dias.

Os benefícios do contato com a natureza em geral são inúmeros, então por que não começar hoje mesmo a trazer mais vida para sua casa?

 

Por Nátila Arnold, Lance Goiás

natilaarnold@gmail.com

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*