Desembargador dá doce na boca de servidora durante sessão virtual; veja vídeo

ircula nas redes sociais mais uma cena inusitada que ocorreu durante sessões de julgamentos virtuais realizadas pelos Tribunais durante a pandemia. Desta vez, um vídeo mostra um desembargador dando um doce na boca de uma servidora durante julgamento online no Espirito Santo.

Nas imagens divulgadas pelo site ‘Migalhas’, é possível ver os dois conversando enquanto um advogado realiza sustentação oral. Em seguida, o desembargador Manoel Rabelo deixa a cadeira no meio do julgamento para ficar ao lado da servidora, momento em que dá um doce para ela.

 

Assista:

 

Relembre

Desde o início da pandemia, quando o Judiciário passou a realizar sessões virtuais com mais frequência, cenas inusitadas passaram a ser frequentes durante os julgamentos.

No último dia 18, a 2ª turma do TRT da 20ª região foi pega de surpresa após um hacker invadir o vídeo e colocar para tocar o “gemidão” e um funk com dizeres como se “senta na minha piroca, pega no meu pau”. A sessão foi suspensa depois do ocorrido.

No TJ/MT, o procurador Paulo Padro esqueceu o microfone ligado e teve problemas de flatulência.

Em abril deste ano, também por um descuido com os equipamentos eletrônicos, o desembargador Carmo Antônio, do TJ/AP, chamou a atenção ao aparecer em uma sessão em vídeo usando nada mais do que coisa alguma: descamisado.

Nem os ministros do Supremo estão livres de gafes virtuais. O ministro Gilmar Mendes pediu desculpas por soltar um palavrão ao fim de uma live. Após se despedir dos interlocutores, S. Exa. soltou uma “porra” enquanto se retirava, sem saber que a gravação continuava.

 

Por Migalhas

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*