Messi não quer continuar reinando no Barça

Lionel Messi: o rei do Barcelona| Foto: Reprodução

O gênio da bola quer deixar o clube catalão após 16 anos de históricas conquistas. Mas um casamento desses não terminar de forma prática como se espera

Após 16 anos de muitas glórias jogando pelo Barcelona Lionel Messi, com 33 anos de idade, ao que tudo indica realmente deixará o clube Catalão. O jogador falou sobre o assunto com muita firmeza em entrevista depois da vergonhosa derrota para o Bayern Munique pelo placar de 8×2, em jogo válido pelas quartas de finais da Liga dos Campeões 19/20.

Na verdade o gênio da bola, como é conhecido no mundo – apelido esse que realmente lhe cabe direitinho, porque é realmente isso que ele é com a bola no pé – já vem insatisfeito com o clube há alguns meses. Comentaristas afirmam que desde a saída de Daniel Alves, o jogador que mais deu assistência para Messi que foram convertidas em gols, já deixou o Argentino desolado e, somando a isso vem o que, segundo o próprio jogador, a má gestão do atual presidente do clube, Josep Maria Bartomeu. Além disso, tem também a não recontratação do seu amigo o craque Brasileiro Neymar, que tem deixado o jogador muito triste com o futuro do Barça.

Lionel Messi, ou simplesmente Leo como é chamado pelos mais íntimos por lá, é o responsável pelas maiores vitórias do clube nesse período de mais de uma década de conquistas de muitos títulos. Foi o segundo jogador com maior número de vitórias em partidas oficiais disputadas – 731 no total. Sempre vestindo a camisa número 10, o manto dos gênios da bola – “isso no passado”. Ele foi por 6 vezes ganhador do título de maior jogador do mundo e por igual número foi eleito o chuteira de ouro como maior artilheiro da Europa.

Sem dúvida nenhuma ele não foi um dos maiores jogador da história do Clube, ele foi o “MAIOR”. Conquistou 513 vitórias, 10 campeonatos espanhóis, quatro Liga dos Campões da Europa. Três Mundiais de Clube da Fifa, três Supercopa Europeias, seis Copas do Rei da Espanha , sete Supercopas Espanhola, segundo maior artilheiro da Liga dos Campões com 115 gols pelo Barça e, muitas outras conquistas que não dá para lembrar agora.

Messi e Barcelona com certeza foi um dos casamentos mais rentáveis que se tem ideia para ambas as partes, mas parece ter acabado o amor e, casamento sem amor não da certo.

As últimas conversas que o craque teve com o novo técnico, Ronald Koeman, tiram toda e qualquer chance da permanência dele no Barcelona, porém uma possível renúncia de Josep Maria Bartomeu pode mudar essa história. “talvez”.

City, Inter, PSG, United ou para qual clube irá Messi? Os quatro Clubes citados já apresentaram real interesse pelo gênio da bola, porém o Clube que mais agrada no momento ao Argentino seria o Manchester City por ser treinado atualmente por Guardiola com quem juntos fizeram um grande trabalho no Braça e, Messi é muito fã dos eu trabalho e ao modelo de jogo que o treinador coloca no City que muito se parece com o colocado no Barça também na era Guardiola.

Para esse acordo dá certo o Messi precisa da boa vontade dos dirigentes do Barça, mas parece que eles não estão muito afim de cooperar e, agora contam também com o apoio da La Liga, entidade que administra o Campeonato Espanhol e que, em comunicado recente, disse que Messi tem um contrato em vigor com o Clube Catalão e só pode ser desfeito se a multa rescisória for paga pela parte interessada no valor de 700 milhões de euros, cerca de R$ 4,5 bilhões de reais, ou seja, praticamente impossível que algum Clube pague.

Pelo visto muitas águas ainda irão rolar por baixo dessa ponte, mesmo existindo uma cláusula no contrato entre jogador e Clube que permite a saída de graça desde que ele manifestasse o interesse em deixar o Clube Catalão até o fim da temporada que seria dia 31 de maio, mais com a pandemia do novo coronavirús o jogador acredita que conseguirá sua saída de forma amigável e a custo zero, já que a temporada agora só termina dia 31 de agosto.

Portanto fica a pergunta: será que Messi sairá mesmo do Barça e, pra onde ele irá? Façam suas apostas.

 

Fonte: Jornal Opção

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*