Caiado sanciona lei que transforma pit-dogs em patrimônio cultural imaterial de Goiás

Projeto foi proposto pela deputada estadual Adriana Accorsi (PT)

O governador Ronaldo Caiado (DEM) sancionou na tarde desta quinta-feira, 8, a lei que reconhece pit-dogs como patrimônio cultural imaterial em Goiás. O projeto foi proposto pela deputada estadual Adriana Accorsi (PT) e aprovado em duas votações na Assembleia Legislativa.

Caiado disse que a sanção é um reconhecimento da cultura e dos hábitos dos goianos. Além disso, a lei propicia a possibilidade de instalação de pit-dogs também no interior do estado.

“A atividade é uma grande geradora de empregos, principalmente o primeiro emprego. Esse ato é um reconhecimento da população, que tem o costume de comer nas praças após atividades diárias os melhores sanduíches do Brasil”, apontou.

O presidente da Federação de Comércio (Fecomércio), Marcelo Baiocchi, salientou a importância da lei pela valorização de um segmento que foi estigmatizado na capital. Ele disse que a maioria dos pit-dog é gerida por famílias, por isso, a importância do reconhecimento do governo do Estado para a atividade.

Baiocchi também citou o lançamento do ProGoiás, nova programa de incentivos fiscais do estado, como um modelo que modifica o “tratamento do poder Executivo com o empresariado” em que é valorizado pela simplicidade e celeridade dos processos.

O presidente do Sindicato dos Pit-Dogs, Ademildo de Godoy , disse que a sanção da lei dá respeito à atividade e solicitou ao governador Ronaldo Caiado facilidade para linha de crédito.

Por Eduardo Pinheiro – Jornal Opção

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*