TRE-GO retira do ar propaganda do candidato Vanderlan Cardoso

Pessedista violou necessidade de citar nome da coligação e dos partidos, atitude que lhe garantiu mais tempo para expor projetos

O Tribunal Regional Eleitoral deferiu medida liminar para fazer cessar
uma propaganda eleitoral do candidato a prefeito de Goiânia, Vanderlan Cardoso (PSD). O pessedista violou a necessidade de citar nome da coligação e dos partidos, o que lhe garantia segundos extras nos programas de rádio.

A ação foi movida pela Coligação Pra Goiânia Seguir em Frente, composta pelo MDB, Republicanos, Patriota, PTC, PMB, PL e PC do B.

Segundo o argumento apresentado, a atitude de Vanderlan Cardoso causou prejuízo, pois os demais candidatos usam parte do tempo no rádio para colocar o áudio identificando a autoria da propaganda. “Isso demanda tempo e o tempo no rádio do horário eleitoral, é o que de mais precioso tem o candidato para se apresentar” ressaltaram os representantes da coligação na justificativa.

“A partir do momento em que o adversário deixa de usar seu tempo para inserir exigência formal da Lei, o tempo passa a ser usado a mais para que ele possa expor ideias e projetos, sem, no entanto, cumprir a formalidade da norma” acrescentaram.

 

Por Thauany Melo – Jornal Opção

print