Itália registra recorde de casos do novo coronavírus em um mesmo dia

País registrou 7.332 casos, maior número desde fevereiro. Recorde anterior era de março, no pico da pandemia, com 6.557 infecções

A Itália registrou nesta quarta-feira a notificação de mais 7.332 casos de infecção pelo novo coronavírus, a maior marca no país desde 21 de fevereiro, quando foi registrado o primeiro caso de coronavírus no país.

Até hoje, o pico do contágio havia sido em 21 de março, no pico da pandemia, quando foram contabilizados 6.557.

Naquele dia, as autoridades realizaram 26,3 mil testes de diagnóstico, enquanto, de acordo com o boletim divulgado hoje, ao longo de terça-feira a marca de exames feitos foi de 152.196.

Com os números apresentados pelo Ministério da Saúde, o total de casos de infecção pelo novo coronavírus na Itália, desde o início da pandemia, saltou para 372.799.

Das mais de 7,3 mil notificações apresentadas hoje, 1.844 são da região da Lombardia, a mais afetada desde o início da propagação do patógeno no país. Depois, aparecem Campania, com 818; Vêneto, com 657; e Toscana, com 575.

Além disso, o Ministério da Saúde indicou que foram atestadas 43 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, o que faz o total chegar a 36.289.

Atualmente, há 92.445 casos considerados ativos de infecção pelo novo coronavírus, sendo que 5.470 destas pessoas estão internadas em hospitais, 539 em unidades de tratamento intensivo.


Por  EFE

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*