Polícia identifica falsos clientes que mataram advogados e apreende moto que teria sido usada no crime, diz OAB

O vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Goiás (OAB-GO), Thales Jayme, informou que a Polícia Civil já identificou os falsos clientes que mataram dois advogados em um escritório de Goiânia. Ele afirmou ainda que a moto que teria sido usada pelos criminosos para fugir do local já foi apreendida.

Marcus Aprígio Chaves, de 41 anos, e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis, de 47, foram assassinados por dois homens que se passaram por clientes e simularam um assalto.

“Posso te falar com garantia, a moto foi apreendida no centro de Goiânia e os executores foram identificados. Eles serão presos em breve, acho que questão de horas. Agora, o que é preciso é achar o mandante. As linhas de investigação apontam para a atuação deles na área profissional”, afirmou o representante da OAB que acompanha as investigações.

Um vídeo mostra quando uma moto com as mesmas características da que foi apreendida passa com dois homens próximo ao local do crime (veja acima). A dupla se vestia com roupas parecidas às descritas pela testemunha no boletim de ocorrência.

Uma força-tarefa composta por cinco delegados e 30 policiais civis foi montada solucionar o crime. A Polícia Civil informou que as investigações estão em andamento e, por enquanto, não vai divulgar detalhes do caso, que está sob sigilo.

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*