Suspeito de matar advogado morre em confronto com a PM no Tocantins

O segundo suspeito de participar da execução dos advogados foi preso hoje pela manhã em Palmas, também no Tocantins

Pedro Henrique Martins Soares, de 22 anos, já está sendo trazido para Goiânia e será apresentado à imprensa amanhã cedo.

Os dois advogados foram executados com tiros na cabeça dentro do escritório onde trabalhavam na Rua 9 A, no Setor Aeroporto, na tarde da última quarta-feira.

Por Mais Goiás

print