Boletim médico diz que Maguito segue sedado com quadro de saúde estável

Maguito Vilela no hospital Albert Einstein, em São Paulo — Foto: Reprodução/Instagram

Exames realizados na manhã deste sábado mostraram uma redução da inflamação no pulmão e da carga viral da Covid-19. Em paralelo, apoiadores cumprem agenda extensa na tentativa de fazer com que a campanha do emedebista ganhe ainda mais musculatura em Goiânia

Foi divulgado, na tarde deste sábado, 31, um novo boletim sobre o quadro de saúde do candidato a prefeito de Goiânia, Maguito Vilela. De acordo com o Hospital Alber Einsten, novos exames foram realizados pela manhã e apontam para uma evolução em sua recuperação. O paciente, segundo a equipe médica, segue estável.

Foi diagnosticado pela equipe uma “redução da inflamação no pulmão e da carga viral da Covid-19”. “Maguito permanece sedado, respirando por meio de ventilação mecânica invasiva para auxiliar no combate à inflamação pulmonar. A pressão arterial e demais funções vitais estão normais”, assegura o comunicado.

Em paralelo à recuperação do candidato, as lideranças do MDB seguem se mobilizando em prol de sua campanha pelas ruas de Goiânia. Após o candidato a vice-prefeito na chapa de Maguito, Rogério Cruz, também ser diagnosticado com a Covid-19, lideranças tomaram para si a responsabilidade de apresentar as propostas de ambos.

Todas as regiões de Goiânia, por exemplo, contaram com atividades da campanha da coligação Pra Goiânia Seguir em Frente, neste sábado.

Houve uma grande mobilização nas regiões Norte, Sul, Oeste, Noroeste e Sudoeste da capital. Além dos palanques móveis, também ocorreram mobilização nas ruas, caminhada e adesivaços. Ao todo, a agenda deste sábado inclui 22 compromissos até o fim do dia.

“A verdade é que a campanha do Maguito nunca deixou as ruas. A militância abraçou a campanha e vamos fazê-la pelo Maguito, porque confiamos em Deus e sabemos que Ele vai recuperá-lo o mais rápido possível para voltar e administrar nossa capital”, afirmou o presidente metropolitano do MDB, Carlos Júnior.

Ao manter a agenda, o coordenador-geral da campanha, Agenor Mariano, frisou que isto só é possível por causa do empenho do grupo de trabalho e que o envolvimento de todas as lideranças é o ponto central desta estratégia. “Nenhum adversário tem uma coordenação dessa, voluntária, do nível desses colaboradores. Isso nos enche de orgulho e motivação”, pontou.

Por Jornal Opção

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*